domingo, março 22, 2009

A paranóia do
bairrismo em
nosso futebol


Post assinado por Henrique pst, no maravilhoso blog de Lédio Carmona, que tomo a liberdade de aqui reproduzir.

Lendo alguns comentários não pude deixar de observar o seguinte: A paranóia do Bairrismo.
E, confesso, que me deu satisfação em constatar isso. Em posts passados tanto aqui quanto em outros blogs a respeito do Meu Sport Club do Recife li muitos comentários a favor e contra meu amado clube.

Até aí, normal. Só que alguns companheiros leoninos falavam de discriminação com o NE e toda aquela ladainha que todos nós sabemos e que, diga-se de passagem, já encheu a paciência.

Em contrapartida companheiros de outros clubes escreviam que Nordestino é complexado, que o torcedor do sport se faz de coitado e outras baboseiras que poderiam ser deletadas da cabeça de qualquer ser consciente e não faria falta ao intelecto de ninguém. Pois é.

Hoje constato que o complexo de vira-latas é generalizado. Basta que o companheiro leitor do blog leia uma opinião a qual não concorde e que não gostaria de escutar. Gente vamos olhar pra nós mesmos. Brasileiro… é tudo igual. Abraço a todos.


4 comentários:

CMC10 disse...

O pior de tudo é que é sempre assim, cada um vai defender o seu e achar que seu time é sempre prejudicado..
Acessem: http://cademeucamisa10.com

Saulo disse...

O Sport está de parabéns pelo que tá jogando na Libertadores.

João Salvatori disse...

Olha, não sei qual é discussão sobre o Sport mas o bairrismo ainda existe, acredito mais involuntario do que voluntario.
Agora o que ultimamente está evidente na midia ( algumas )é o "clubismo".
Mesmo nos exageros prefiro achar que tambem é involuntario.

Filipe Lima disse...

Assino embaixo do que disse o Henrique.