sexta-feira, fevereiro 06, 2009

Respeito ao trabalho

no Japão seduz Caio Jr.















Caio Jr. é um dos mais promissores técnicos de futebol da nova geração brasileira. Ainda não deu o salto definitivo para o grupo dos que estão no topo, ainda não conquistou um título importante, mas tem bons trabalhos no currículo, alguns deles que impressionam, como levar o Paraná Clube à Libertadores, deixando para trás gigantes do futebol nacional.

Atualmente Caio é o técnico do Vissel Kobe, do Japão. Ele está na paradisíaca ilha de Guam, no Oceano Pacífico, em plena pré-temporada, com outras três equipes japonesas e uma sul-coreana.

No primeiro jogo-treino, Kobe venceu o Omiya por 5 a 2. Antes do segundo jogo-treino, contra o Sapporo, da segunda divisão japonesa, Caio Jr. respondeu algumas perguntas do Blog do Nori.

BN - Qual sua primeira avaliação desta aventura japonesa?

CJ - Surpreendente, não imaginava que fosse me adaptar tão rápido.

BN - Quais as principais diferenças entre Brasil e Japão para um treinador de futebol?

CJ- A principal é o respeito, depois o planejamento e a estrutura.

BN - A crise económica afetou o futebol japonês?

CJ - Em principio não, mas o comentário é que vai afetar.

BN - No momento em que você estava conseguindo espaço em grandes clubes optou por sair do País. Não teme ficar esquecido no mercado brasileiro?

CJ- Sempre quis trabalhar no Japão e achei que era a hora certa. Fiz um contrato de 3 anos que se cumprir voltarei para o Brasil mais tranquilo, com experiência internacional e acredito que deixei as portas abertas no Brasil.

BN- De longe, como você avalia o início de temporada no Brasil? Quais os times que despontam como os favoritos para os títulos em 2009?


CJ - Estadual é bem diferente do que Brasileiro, mas os 5 primeiros do ano passado continuam como favoritos e mais o Internacional.

3 comentários:

Palmeirense disse...

Prezado Nori,

Me permita a oportunidade, já que o assunto aqui é respeito.
Dizem que os palmeirenses sofrem de mania de perseguição por parte da midia que são julgados como são paulinos ou corinthianos.
Mas me diga Nori, com toda a sua sabedoria de futebol e além de tudo ética, é ou não é pra nos sentirmos assim?!
http://jovempan.uol.com.br/jp/media/online/index.php?view=24242&categoria=4

Sobre o Futebol Carioca disse...

BOM DIA. MUITO BOM O SEU BLOG.
ESTA FIM DE FAZER PARCERIA?
TROCAR DE LINKS?

João Gonçalves disse...

Entendo que o Caio fez bem em sair. Vai voltar mais seguro e maduro. Não acho que ele foi desrespeitado nas passagem por Palmeiras e Flamengo,até porque, ele terminou as temporadas. Se não conseguiu os objetivos traçados, nada mais natural do que ficar desgastado e não ter o contrato renovado.

Sempre novidades aqui no BN. Abraço Nori.