quinta-feira, fevereiro 05, 2009

NÃO TEM EXPLICAÇÃO

Fico imaginando um ET, se é que existem (eu acho que sim) analisando o Brasil de algum quadrante do Universo. Que pensaria esse ET se soubesse que a novidade no Congresso são as eleições - de novo - de José Sarney e Michel Temer?
Que Sarney, cuja história política sempre foi tudo contra o que lutou o presidente Lula, hoje é seu aliado?
Ou como tentaria compreender esse ET o seguinte: um lutador de boxe cubano é repatriado ao seu país pelo Governo brasileiro porque queria sair de Cuba; um acusado de terrorismo na Itália ganha exílio no Brasil. Como agiria o Governo se um acusado de terrorismo em Cuba fosse preso no Brasil, e um lutador de boxe italiano pedisse asilo político em Brasília?

9 comentários:

Anônimo disse...

Noriega,

Gosto de tu pacas. É dos melhores que temos no medíocre ambiente jornalístico-esportivo no Brasil. Adorei a notícia que você lançaria um blog. Logo imaginei que sairia da mesmice e tal, mas não estou conseguindo mais acompanhar, cara. Primeiro de tudo, BLOG DO NORI em Caps Lock é de matar. Visualmente terrível. O título também é em Caps Lock, maltarata o leitor. A diagramaçã é péssima, se você der um enter a cada final de parágrafo vai melhorar mil por cento. Agora, escrever comentário óbvios sobre política...me poupe. Faça o mesmo que você fez durante a Eurocopa...Comente futebol!!!

Geraldo disse...

Saudações Corinthianas,

Gostaria de saber se você está interessado em trocar links com meu blog: http://www.corintimao.com.br/blog/

Atenciosamente,
Geraldo Machado

Kao disse...

Nori,
concordo com a grita geral em relação ao terrorista Battisti. Mas acho que você, e uma parcela da imprensa, principalmente a anti-lulista, se equivoca ao comparar os dois casos, Battisti e boxeadores. No caso de Battisti ele pediu asilo político porque alega se perseguido político e que seus crimes tiveram motivação política. Se há verdade nisso o STF vai julgar. Quanto aos lutadores cubanos não havia problema de perseguição política. Apenas vontade de se profissinalizar na Alemanha. Aliás os que conseguiram fugir para a Alemanha antes deles se deram muito mal na aventura do box profissional. De resto, te admiro muito. E a seu velho também.

Nori disse...

Prezado anônimo, discordâncias são coisas boas na vida. Já pensou se no seu Estado, pelo "sotaque, deu pra perceber, todo mundo fosse Inter? Ou todo mundo fosse Grêmio? Quando não gostar, por favor, não me poupe da visita. Venha assim mesmo. Sobre a política, ela anda meio óbvia mesmo, não é?
Abs

Nori disse...

Kao, tudo bem? Não são comparações, são citações para tentar entender cada caso. Vejo um evidente ingrediente político em tudo isso. E não vejo problema em um lutador cubano tentar sair de Cuba para tentar ser profissional. Esse movimento é normal em qualquer parte do mundo, menos em Cuba. Valeu pela citação ao meu velho, que é craque.
Abs

Nori disse...

Geraldo, vou linkar vc hoje. Abs

Kao disse...

Nori,
Concordo que o cubano deveria ter o direito de sair de Cuba e se profissionalizar. Só não acho que asilo político deva servir a esse fim. Por esse ponto os casos são distintos. De resto concordamos.

Geraldo disse...

Nori,

Obrigado pelo link, já adicionei o seu também (http://www.corintimao.com.br/blog/ - logo abaixo das categorias do lado direito).

Se não for pedir muito, você pode colocar o link como BLOG DO CORINTIMÃO ?

Se quiser que eu mude algo do seu link também, é só avisar!

Anônimo disse...

Os ETs teriam a impressão de que somos governados por mortos-vivos (no sentido intelectual, ético, moral, etc)
Aprecio muito seus comentários nas transmissões dos jogos e no BDSP... seria legal ver mais parcerias de você com a narração do Milton Leite.
Abraço!
Claudio