quinta-feira, maio 13, 2010

Os deuses estiveram

no estádio Olímpico


Que jogaço - mais um - no estádio Olímpico! Virada espetacular do Grêmio, saiu de 0-2 para 4-2 e finalizou em 4-3. Mas poderia ter sido 5-3 pro Grêmio, 4-3 pro Santos, tudo isso.

Os deuses estiveram no Olímpico. Os deuses do futebol. Que nos deram Ganso, um craque pronto para o que der e vier. Que nos deram essa torcida do Grêmio, exemplo de paixão e fé que deveria ser seguido por todas as outras. O gremista torce por seu time em qualquer tempo, com qualquer resultado, como diz seu hino, com o Grêmio onde o Grêmio estiver.

Aliás, onde estava a cabeça do grande goleiro Vitor naquela saída do primeiro gol santista? Na lista do Dunga?

Confuso na marcação com a linha de três zagueiros, com Rodrigo e Ozéia batendo cabeça, o Grêmio deu ao Santos tudo que não se pode dar: espaço. Pagou caro, saiu perdendo por 2 a 0 e poderia ter tomado mais. Ainda assim, desperdiçou um pênalti, viu Felipe fazer grandes defesas.

Quando o jogo parecia calmo para o Santos, o Grêmio ressurgiu aproveitando os vacilos incríveis de Rodrigo Mancha e acordando Borges, um grande centroavante, que tem menos prestígio do que deveria ter. Silas já tinha arrumado o time do Grêmio, tirando o Hugo da ala e recolocando-o no meio, com Edílson na esquerda. E a dupla Borges e Jonas dá tanto trabalho quanto deu a dupla André e Robinho.

Na volta, no jogo de Santos, podemos esperar muito mais, um futebol ainda melhor, já que não tem volta, é dali que sai o finalista.

9 comentários:

Claudiomir disse...

É isso Noriega, foi um jogo para ser lembrado por um bom tempo, indepentedente de torcida, que por sinal sou tricolor dos pampas, mais acima de tudo foi um jogo de encher os olhos de quem assistiu e gosta de um bom futebol. Será que o Dunga assistiu esse jogo???

Marco Antonio Moreira disse...

Nori, sou seu fã, sempre o acompanho nas transmissões do Sportv e no Arena e parabéns pelo Blog!!!

Sobre o jogo, acho que o Gol do Robinho será a chave da classificação santista para a final.

Abraços.

Anônimo disse...

Caro Nori,

Baita jogo. E que gol foi aquele terceiro do Santos. Parecia jogada de futebol de areia. O Passe do Ganso, a matada do Robinho no peito, finalizando sem deixar a bola cair no chão.
Se o Dorival deixar, o Santos tem tudo para ganhar o segundo título da temporada. Sinceramente, penso que ele vem pecando em algumas escalações (colocando o André no banco nas finais do Paulista) e pricipalmente em algumas substituições (quase tirou o Ganso no último jogo do Paulista e ontem a entrada do Rodrigo Mancha não era necessária).
Parece que o Dorival é um excelente treinador, mas que ainda peca nas escalações e substituições.

Abraço
André Antunes

Paulo disse...

Noriega...você merece todo respeito, pois ninguém é comentarista da sportv do nada.
Mas ontem você foi muito mal nos seus comentários...
Falar aquilo que você falou do Marquinhos...nossa é ele que dá equilíbrio ao meio campo do Santos...faz a bola rolar...sempre perfeito nos passes...preciso nos momentos de bola parada (como no escanteio do gol do André)...e sem falar da qualidade defensiva que ele vem demosntrando sendo ele um jogador mais onfensivo. O Rodrigo Mancha entrou mal no jogo...mas com o Marquinhos o Santos vinha mandando no meio campo...
Ele não é craque...não é o Ganso...mas é fundamental no esquema do Santos.

Outro comentário seu...foi no segunto tempo dizer que o Grêmio ainda estava desorganizado....ai bastou a virada você mudou seu comentário...dizendo que o time estava certinho...
Poxa o Silas já acertou o time no intervalo.
Acho que tah faltando aos comentaristas falar o que o jogo mostra e não defender o que eles pensam...pois comentar depois que o jogo tah definido é muito fácil.

Mas não estou aqui só para cornetar...estou aqui querendo fazer uma crítica construtiva.

Para comprovar isso...vou falar de um comentário seu...que vc fez na final do campeonato paulista. Onde você falou da moda "Eu sou F..."
e ali você disse tudo...O Neymar e ótimo jogador mas o F... é o Ganso.

Grande abraço.

Paulo Barcelos.

Nori disse...

Paulo, opiniões merecem respeito, todas. Marquinhos saiu porque estava abaixo do ritmo, não marcava, e o Grêmio tinha dominado o meio antes mesmo de empatar. Azar do Santos que o Mancha entrou mal. Silas arrumou o time no primeiro tempo, se vc ouviu com atenção, ao trazer Hugo para o meio e levar Edílson pra lateral-esquerda.
Desculpe, mas falei isso no primeiro tempo, bem antes de o jogo estar definido. Quem analisou o resultado foi você.
Mas são opiniões.

Igor Natusch disse...

Fecho contigo, Nori. O Marquinhos tinha caído de produção, o Grêmio já trazia perigo desde os últimos dez ou quinze minutos do primeiro tempo, e se mantinha perigoso na etapa final. Foi uma medida teoricamente correta do Dorival - robustecer o meio para retomar as rédeas do setor. Não tinha como adivinhar que o Mancha ia entrar tão mal no jogo...

No mais, como gremista, me senti de alma lavada. Não apenas pela vitória heróica, mas por ela ter ocorrido num jogo de altíssimo nível técnico de ambos os lados. O Santos, que eu inclusive já "critiquei" aqui, vai ficando cada vez mais maduro - e, na mesma medida, deixando mais e mais clara a ausência de segurança no setor defensivo. O Grêmio, por sua vez, ainda peca por falta de peças, mas tem vários jogadores afirmados e se mostra incapaz de encarar qualquer time de igual para igual. Teremos um jogaço na semana que vem - bom para o nosso futebol.

E uma perguntinha cheia de malícia: como que pode ter gente reclamando que Adriano não foi para a Copa, com Borges fazendo tudo que anda fazendo?...

Abraço!

Anônimo disse...

Caro Igor,

Como São Paulino, até hoje não entendi o que aconteceu com o Borges no São Paulo. O cara é acima da média, tem estrela, goleador, foi fundamental nas conquistas dos Brasileiros, e foi preterido no Tricolor. Sabe-se lá porque!?!? Desejo toda a sorte do mundo ao Borges e tomara que aí no seu Gremio ele conquiste o respeito e o espaço que merece.
Abraço
André Antunes

Clayton disse...

Gostaria que você falasse do aval da FIFA para o projeto do Morumbi, finalmente. Quando foi noticiado pelo Estadão o suposto veto sobre o estádio tricolor, você fez comentário a respeito no blog. E nada também sobre a vitória do São Paulo na Libertadores? Hummm...

LENE disse...

ANDO MEIO PREOCUPADA COM O MEU SANTOS
FAZ TANTO GOL E LEVA UMA PENCA TB

SEI NÃO, MAS NA VILA NUM VAI SER NADA FÁCIL

Q OS DEUSES DO MAR PROTEJAM O PEIXE SANTISTA