quarta-feira, maio 05, 2010

Cruzeiro voa alto



Os 3 a 0 do Cruzeiro sobre o Nacional em Monevidéu ratificam o bom momento da equipe, a mais sólida entre as brasileiras na Libertadores. A equipe de Adílson Batista é a que mostra o melhor futebol na competição, tem uma dupla de ataque infernal e aprendeu a duras penas com a derrota de 2009 na final.

Se vai passar pelo São Paulo, ninguém sabe. Tem mais time, joga melhor, mas o Tricolor paulista é sempre um adversário duro de ser batido na Libertadores.

De qualquer maneira, até agora, entre todos os brasileiros na Libertadores, o Cruzeiro é o que mostra as melhores condições de chegar ao título pelo futebol apresentado.

Corinthians caiu de pé

Melhor brasileiro na etapa inicial da Libertadores, o Corinthians viu adiado, novamente, o sonho de ganhar a competição, no ano de seu centenário. O que aumenta o trauma, em especial quando se ganha o jogo e se perde a esperança.

O Corinthians não pode transformar a Libertadores em trauma, tem que, primeiro, se tornar um frequentador habitual. Jogar muitas vezes, todo ano. Uma hora ganha.

Contra o Flamengo, o time foi muito bem no primeiro tempo. Mas o gol de Vágner Love derrubou psicologicamente a equipe. Sempre grande em decisões, o Flamengo cresceu no jogo e teve Bruno em noite memorável. Love e Adriano foram muito bem, experientes.

Mano Menezes foi mal ao tirar Elias. E o Corinthians não tem um banco capaz de virar jogos.

O futuro corintiano precisa agora de tranquilidade. O flamenguista, idem.

Palmeiras precisa mudar tudo

O Dragão goiano foi superior em três dos quatro tempos do duelo com o Palmeiras. Tem um time mais bem treinado e mais ousado. Um time do tamanho do Palmeiras não pode se resumir a defesa o tempo todo.

O problema do time é falta de personalide. Esse grupo está marcado pela derrota, precisa de uma guinada radical. Tem bons nomes como Lincoln, Xavier, Assunção, um grande goleiro. Mas a maioria sente demais o peso da camisa. E Antonio Carlos ainda nao disse ao que veio como treinador.

Geninho renasce com o Atlético Goianiense, arma um bom time e vai fazer um duelo interessante com outro bom time, o Vitória.

Santos e Grêmio, que jogo!

Santos e Grêmio na semifinal da Copa do Brasil devem fazer jogos espetaculares. Eles se unem ao Cruzeiro no trio que considero como os melhores times do País. O Santos e seus moleques atrevidos e rápidos. O Grêmio com um time forte e técnico. Jogaço!

4 comentários:

Anônimo disse...

Nori, gosto do Mano, no entanto o Mano passou o campeonato paulista inteiro fazendo experiências, e não tem opções táticas, sempre muito burocrático, ele troca os jogadores mas sempre com as mesmas funções. Ele esta conseguindo acabar com o futebol do Elias, que é um ótimo VOLANTE, vindo de trás etc...

Bom paciência, vamos chorar um pouco e recolher os cacos!

Abração
Mozart

Luiz disse...

Cade a final do pernambucano? Era de se esperar que não houvesse nenhum comentário mesmo..

Nori disse...

Luiz, falei sobre a final do Pernambucano semana passada. Hoje achei que havia assuntos mais importantes. Abs

Sandra disse...

Sou palmeirense veeeeerde, mas dei graças a Deus que o time saiu da Copa do Brasil. O pobre torcedor leva sustos e mais sustos, sofre, grita torce e prá que? Absolutamente nadaaaaaa. Ainda não enguli o lance dos penaltis...... gente, como pode? Até eu, com meus 54kgs, do alto do meus 1,65m, faria unzinho.
Vergonha.