domingo, maio 09, 2010

Largada tímida

do Brasileirão


O momento ainda é das Copas do Brasil e Libertadores. É nesses torneios que o coração do brasileiro pulsa até que a bola role na África. Só depois disso, lá pelo meio de julho, é que o Campeonato Brasileiro vai chamar realmente a atenção.

Mas a bola rolou e como dizem os apreciadores da atual fórmula de disputa, "todo jogo é uma decisão" - com o que não concordo, mas isso é outro tema.

Vi apenas lances de dois jogos por enquanto. Botafogo x Santos e Palmeiras x Vitória. Sei que o Grêmio e o Atlético Goianiense mandaram trupes alternativas a campo, no que estão certos, já que têm jogos mais importantes pela frente na Copa do Brasil.

No Engenhão vimos que o Santos hoje é uma idéia, a do futebol alegre e ofensivo, seja qual for a escalação, titular, mista ou reserva. E que o Botafogo também é uma idéia. Mais modesta, mas muito bem executada em termos de entrega, dedicação e compromisso de seus jogadores. Além disso, tem uma das mais perigosas duplas de ataque da competição, a Conexão Platina de Loco Abreu e Herrera. Eles podem não ter o glamour de Love e Adriano, nem a velocidade e a técnica de Kléber e Tiago Ribeiro, mas dãoum baita trabalho. O 3 a 3 ficou de bom tamanho, num jogo bacana de se acompanhar.

No Palestra Itália encharcado, o Palmeiras foi sempre superior ao Vitória, embora os grandes adversários do time fossem a instabilidade emocional de alguns de seus jogadores, provocada pela impaciência da torcida e a ausência da diretoria.

Mas o Verdão tinha Cleiton Xavier e, principalmente, Lincoln, que encontraram os caminhos de uma vitória que pode, no mínimo, adiar o incêndio que muitas vezes parece iminente no clube. Robert não merece as vaias da torcida porque luta. É meio grossão, é verdade, mas se entrega em campo e deveria ao menos ter esse reconhecimento, já que atua sozinho na frente na maior parte do tempo.

Agora é esperar o domingo e curtir as mamães presentes e as lembranças maravilhosas das que estão ausentes, pelo menos fisicamente.

Um comentário:

Lucizano disse...

Nori, estive ontem na palestra sobre a era Dunga, foi bem bacana, parabéns!

Abs