terça-feira, setembro 01, 2009

Timão Centenário


Começa hoje a contagem regressiva. Cem anos de uma paixão. Parabéns aos corintianos de todo o mundo. A torcida que tem um time. Não se pode medir paixão pelo tamanho da torcida. Cada torcedor ama seu clube como pode, do seu jeito. O corintiano tem a sua maneira toda particular. Sofre, ama, briga.

Neste caminho rumo ao dia do centenário dos corintianos, lembro-me de uma cena que vi em 2007, quando o time viveu o drama do rebaixamento. Antes de um jogo contra o Atlético Paranaense, no Pacaembu, vi um grupo de senhores, todos já bem passados dos 50 anos. Segundos antes de a bola rolar, eles se abraçam nas numeradas do Pacaembu, às lágrimas, e rezam juntos pedindo a São Jorge para evitar o que era inevitável.

No ano seguinte vi o mesmo grupo se reunir alegremente no Pacaembu, para celebrar as vitórias do time na Série B. Alegres, felizes, comungando da paixão.

O Corinthians, como todo grande clube brasileiro, é muito maior do que as pessoas que o administraram na maior parte de sua gloriosa história. Está fadado é ser ainda maior do que já é.

Quis o destino que o primeiro adversário do Timão no caminho do centenário fosse o Santos, o algoz de onze anos de tabu, de Pelé, que sempre judiou muito do Corinthians.

Estarei no Pacaembu para comentar esse jogo e presenciar a festa que a Fiel deve fazer para celebrar os 364 dias que faltam para completar o século de existência do seu motivo de vida.

Um comentário:

fabio.takushi disse...

Ola Mauricio, outro dia eu discutia este assunto com meu e cunhado, respeito o seu ponto de vista, porém sou a favor da adequação do calendário, sobre esta questão que levanta...quando falávamos deste tema, levantei este "empecilho", porém chegamos à conclusão que o jeito seria criar uma espécie de seletiva, assim como foi feito entre os anos de 2000 e 2001 (Copa dos Campeões), então ficaria assim...exemplo: em 2010 com é ano de copa do mundo, no primeiro semestre faríamos os regionais fevereiro a abril, e maio a seletiva entre os dias 1 a 16 com os campeões regionais (encerrando 1 mês antes da copa). Os dois finalistas classificariam para os libertadores, assim como os dois finalistas da copa do Brasil (4 vagas garantidas), a 5ª vaga ficaria para o campeão do 1º turno da temporada 2010/2011 que começaria depois da copa, ainda teríamos que tomar o cuidado para que os times que disputam a libertadores 2010 ficassem entre os dois campeonatos (a própria libertadores e os regionais), para evitar que o campeão da copa do Brasil não seja mesmo da copa dos campeões. Enfim, no primeiro ano teremos que fazer algumas adaptações para adequá-lo ao calendário europeu. Abraços.