quinta-feira, junho 18, 2009

Voz da experiência

diz: o segundo gol do

Corinthians foi ilegal


O lance gerou polêmica e precisamos sempre correr atrás do que é certo. Se erramos, corrigimos. Eu disse na transmissão do SporTV que achei que seria preciosismo anular o gol de Ronaldo porque não pude ver se a bola estava parada ou não quando Elias fez o passa.

Fui ouvir o amigo José Roberto Wright, comentarista de arbitragem da Globo/SporTV e um sujeito pra lá de boa praça.

Leiam o que o Wright disse:

"Se o juiz apitou, parou o lance. O jogador pode rapidamente parar a bola e bater. Ele apitou. A bola não estava parada quando o Elias passou e nesse caso há uma irregularidade".

Wright ainda acrescentou: "É preciso ver o procedimento do árbitro. O Heber Roberto Lopes costuma apontar quando marca a falta. Naquela ele não apontou, e dá a impressão de que deixou a jogada seguir. Mas ouvindo a captação do áudio sem a narração, é possível escutar o apito"

Isso posto, erro meu e retificação. Na primeira oportunidade que estiver no ar pelo SporTV, hoje mesmo no Tá na Área, farei a devida correção.

11 comentários:

Rafael Campos disse...

Hummm..mas ''SE apitou...''... ele apitou ou não ?!?

fms disse...

Filigranas de uma arbitragem que só serve para atrapalhar, assim como esses comentaristas que a globo e seu grupo insistem em contratar. Como a vida seria melhor sem eles. Odeio discussões de arbitragem. Só servem para mascarar o belo passe do Elias e o lindo gol do Ronaldo.
Não, não sou corintiano, mas amo futebol e odeio o espaço que arbitragens e tribunais vem ganhando a cada dia mais no futebol.

Anônimo disse...

Contra o Corinthians vcs da Imprensa são sempre contra....mesmo se amputar a perna dentro da area com tiros de metralhadora é lance duvidoso

Nori disse...

FMS, abs e obrigado pela visita.

Anônimo disse...

PIOR,VI AGORA TINHA QUE TER PARADO A BOLA MESMO, ERROU FEIO. MAS AZAR IA DAR 1 A ZERO PRO TIMÃO MESMO.

Aqui tem um bando de louco! Louco por ti, Corinthians!...

Prestes disse...

Nori, e a entrada do Douglas no Marcelo Cordeiro?

Aquilo ali dá até cadeia...

Lasagna disse...

"SE" não entra em campo.

Qto a bola estar parada, sim, ela estava.

É uma simples questão de fisica. Se a bola está vindo em direção ao Elias, e ele chuta ela em direção OPOSTA, é obvio que a bola por algum instante parou.

Portanto, gol legal.

Das Underground disse...

Nori, está ai a prova de que vc e muitos estao errados:

http://www.youtube.com/watch?v=2LvU0jxircA

Notese no video, que;

1- O juiz nao marca em nenhum momento a falta.
2- A bola para totalmente antes do Elis dar o pase.

Resumindo, mesmo que fosse, falta, seria gol legitimo por que a bola parou, mais nao foi, o juiz nao leva o apito a boca em momento algum e nem faz sinal.

So pra terminar, apitos nos jogos tem muitos, varias vezer ate eu confundi com o apito do juiz.

Anônimo disse...

E aí Noriega, não vai falar do grande SPFC do seu ídolo Muricy não?

Um time que é eliminado sem dar um chute sequer ao gol e você ainda tem coragem de falar ao vivo que ele continua sendo um grande treinador?

Colocar um cara desses num time de melhor elenco por três anos em um campeonato de pontos corridos até uma mula seria tri-campeão brasileiro.

Agora quando o time precisa de um treinador de verdade, capaz de organizar um time a curto prazo, preparado para decisões, taí mais um resultado.

Mas para quem coloca o Muricy como um dos melhores treinadores da história não dá pra esperar comentário diferente, né?

Gostava de você como comentarista tirando essa tietagem exagerada a esse pseudo-treinador que só causa vexame à história do São Paulo Futebol Clube.

Das Underground disse...

Oi, denovo, gostaria de alguma resposta ou comentario sobre a postagem que fiz defendendo a legitimidade do segundo gol corinthiano.

Nori disse...

Amigo Ds Undeground, ainda não tive tempo de ver o lance, mas verei. No jogo eu disse que achava preciosismo anular o gol. O Wright explicou que é ilegal. Já tomei muita porrada, mas vou ver o lance e comento contigo, ok?
Abs