quarta-feira, junho 17, 2009

Corinthians constrói
uma grande vantagem


Jogaço no Pacaembu. Corinthians superior como equipe, acelerando o jogo, marcando forte. Jorge Henrique, Felipe e Elias foram os melhores do Corinthians. Ronaldo definiu com a frieza de sempre.

Inter não jogou mal, mas esteve um nível abaixo do Corintihians, exceção feita a Taison, que joga muito, é craque em estado bruto. Perdeu grande chance, mas tem potencial enorme.

Taticamente, Elias e Jorge Henrique foram fundamentais. Se fosse colocar em números, diria que Corinthians tem 80% de chances, contra 20% do Inter. Mas os 20% do Inter, pela qualidade do time e pelos prováveis retornos de Nilmar e D'Alessandro, tornam a tarefa, que é muito difícil, factível.

12 comentários:

Lasagna disse...

A Copa do Brasil já acabou, pode entregar a taça.

Corinthians campeão!

Armando Ziller disse...

Noriega, só não concordo que o inter jogou abaixo. O inter jogou bem dentro das circunstâncias impostas pelos desfalques. Agora, poderia ter mudado a história do jogo, com um penalti escandaloso em cima do alecsandro quando o jogo ainda estava 0X0, com um pé salvador do elias na jogada do marcelo cordeiro. Nos melhores lances 6X6, nas finalizações, o corintians foi mais competente. Com certeza os corintianos estão felizes como crianças e já estão com uma mão na taça, mas como toda mãe zelosa falaria: - Menino segura com as duas mãos para não deixar cair. E o colorado vai jogar como se fosse a última partida do mundo.
abraços, Armando Ziller Colorado.

Nori disse...

Prezado Armando, valeu pela visita. Também achei pênalti no Alecsandro, falei isso na transmissão do SporTV. Mas é inegável que o Corinthians foi mais competente na primeira parte da final.
Abs

Ozeias disse...

Combinamos assim: se o jogador estiver 10 cm impedido o juiz não marca. Se o zagueiro intencionalmente bater na bola somente com o dedo mínimo dentro de sua própria área o juiz não marca o penalti. Se o adversário pegar só num pequeno pedaço da camisa do oponente nada será. Assim como se a bola estiver rolando só um pouquinho... Com todo respeito, mas o seu "se o juiz invalidasse o gol do Ronaldo seria um EXCESSO DE PRECIOSISMO" foi coisa para ser ouvida no senado. O gol foi imoral, incorreto, fora das regras. Não tem espaço para interpretações paralelas. Fiquei chocado com a tua insistência numa coisa tão absurda quanto esta. O fato do Corinthias ser superior é a tua visão e isto tem que ser respeitado ao extremo. Mas "excesso de preciosismo" foi de uma infelicidade sem comparativos. O gol foi irregular e pronto. Mas eu até te entendo. Quem fez foi o Ronaldo "e seria um injustiça anular um gol tão bonito como este do Ronaldo". Que horror Nori. E ainda no sport news teu colega concordando.

André Luís Nogueira disse...

Caros,
Se vcs acharam q naquela jogada ocorreu penalti, por favor, nunca mais julguem arbitragem.
O arbitro teria de ter uma tatuagem do Inter pra considerar aquilo falta.
Pior que isso, desvaloriza o esforço e competência no desarme limpo realizado por Marcelo Oliveira.
Nem preciso dizer que Alecsandro ficou frustrado com o desarme pra justificar meu argumento.

Abraço!

Basuru disse...

Poxa Noriega! Na transmissão do Sportv, você falou q o Alvaro nunca enfrentou um jogador como o Ronaldo. O Alvaro jogou na Espanha, mesmo em time pequeno, enfrentou Ronaldo, Rivaldo, Zidane.... Po decepcionei!

Nori disse...

Basuru, eu errei feio nessa do Álvaro e corrigi durante a transmissão. Simplesmente tinha me esquecido. Valeu pelo pito.

Nori disse...

André, não é só porque eu achei que foi pênalti que foi. É só minha opinião. A sua é diferente, ok?

Nori disse...

Ozeias, eu apenas acho que o árbitro deixou a jogada seguir e que a bola não rolou de forma escandalosa. Escandaloso foi o pênalti do Fábio Costa no Tinga em 2005, esse sim imoral. A jogada de ontem só foi percebida e reclamada depois de a TV mostrar.
Se tivéssemos uma imagem do outro lado do campo, pegando de frente o Elias, poderíamos ver se a bola estava parada ou não.
Nada a ver com ser o Ronaldo ou outro. Porque eu achei que foi pênalti do Marcelo Oliveira no Alecssandro e isso você não considera imoral?

Nori disse...

Armando Ziller, com certeza o Inter tem muito time pra poder virar o jogo no Beira Rio, com Nilmar e D´Alessandro, e o Taison jogando o que joga, pode virar, sim.

Nori disse...

Lasagna, a vantagem corintiana é grande, mas não acabou.

Andre Serviuc disse...

Concordo contigo, Nori.

A vantagem do Corinthians é enorme se ele se aproveitar dela.

O Corinthians não pode jogar recuado no Beira-Rio, senão poderá por tudo a perder.

O Timão tem que ir pra lá pra marcar 1 gol. Com 1 gol obriga o Inter a fazer 4. E 4 nesse time é praticamente impossível de fazer.

Grande abraço e parabéns pela transmissão ontem.

Abraço,
Andre Serviuc

PS: Aproveito para convidá-lo a visitar meu blog sobre futebol. Fique à vontade para postar seus comentários lá sempre que puder.
http://futebolestrategia.wordpress.com