quinta-feira, março 25, 2010

A justificativa

do Fenômeno

Sempre bem informado, Carlos Cereto, brilhante repórter do SporTV, explicou durante o Redação SporTV desta quinta, detalhes do gesto obsceno de Ronaldo. Ceretinho disse que um grupo pequeno de torcedores uniformizados - sempre eles - hostilizou Ronaldo no estacionamento da Arena Barueri.

Ronaldo divulgou nota esclarecendo o fato e corroborando a informação de Cereto. Além disso, pediu desculpas pelo gesto.

Claro que Ronaldo, que tem costas largas como ele próprio diz, não poderia reagir daquela maneira, sendo ele o único a perder. Agora, como torcedores de grupos uniformizados têm acesso ao estacionamento dos carros de jogadores? Quem facilitou o acesso?

6 comentários:

Anônimo disse...

Grande Nori:
conheço bem as intalações da Arena Barueri. Não é verdade que os torcedores tiveram acesso ao estacionamento dos jogadores. O Ronaldo é que (por privilégio) preferiu ir de carro próprio ao estádio e deixou seu veículo no estacionamento geral do estádio, que fica no subsolo.
No mais, reproduzo aqui o que escrevi ao Cereto:
Cereto, ficou engraçado o seu desespero hoje no Redação tentando amenizar o acontecido ontem no estacionamento da Arena Barueri. Vc estava lá? Penso que não. Acompanhei ao vivo o pós-jogo pelas rádios e duas delas (uma sendo a Rádio Globo) deram a notícia em tempo real: um grupo de 20 a 30 torcedores, ligados a organizadas do clube, cercaram o jogador no estacionamento, fazendo-se necessária inclusive a intermediação da polícia. Ronaldo se irritou e, ao sentir-se seguro sob a proteção policial, mostrou o dedo antes de entrar no carro. Esse foi o relato dos dois repórteres (o outro era da Eldorado ESPN). A foto do Estadão sem zoom (não essa maximizada que circula hoje nos outros meios) deixa muito bem registrado o cenário em que tudo ocorreu. Não ficou legal vc tentanto relativizar o fato, tentano colocar como uma intriga pessoal, uma reclamação de apenas "quatro pessoas, quatro pessoas!". Mais: todos os narradores que estiveram no estádio disseram ter ouvido vaias a Ronaldo. E vc afirmou que isso não ocorreu. Sua fonte realmente é de confiança? Ou paixão anda falando mais alto, Cereto?
Link pra foto sem zoom do Estadão:
http://www.estadao.com.br/esportes/
(Anderson/SP)

Adriano disse...

Como corintiano sensato, acho que já ta na hora do Ronaldo começar a ser cobrado de resultados em 2010, mas pra variar, boa parte da torcida não sabe reagir a situações negativas e parte pra falta de educação.
Vamos aguardar o clássico pra ver se o timão joga bola mesmo.
Se não ficar no g4 no Paulistão, a libertadores passa a ser obrigação.

Nori disse...

Anderson,o Cereto é muito sério e bem informado. Ele deixou claro que nao era uma manifestação da torcida, mas sim de um grupo de torcedores. Tenha certeza que ele não precisa estar lá para ter a informação, porque tem ótimas fontes. Abs

Fábio disse...

Boa noite.
hoje o glorioso Clube Atlético mineiro está fazendo 102 anos de vida e glórias.
Acesse: http://blig.ig.com.br/marguitte/ e deixe seu recado para o maior de Minas.

Anônimo disse...

Futebol tem disso, em tempos remotos o jogador Mario Sergio, hoje treinador, chegou a tirar o revolver para torcedores e não se enganem Mario Sergio era um craque. Não gosto de certas atitudes na vida pessoal do Ronaldo, porém esses torcedores profissionais, "enchem o saco", é assim no Palmeiras, no Corithians, ou no São Paulo, esse pessoal tem que se expressar no campo, futebol para o torcedor é LAZER, nada justifica sair por aí pertubando a vida de jogadores e as vezes até de jornalistas!

Mozart

Patrícia Gomes disse...

Torcedores uniformizados tem acesso mais que facilitado no Corinthians...e não é novidade nenhuma o carinho que o Sanches tem com eles.