sábado, março 06, 2010

Aí eu pergunto, dá para

entender Adriano e os

jogadores do Flamengo?


É impressionante como alguns jogadores de futebol, em especial os que possuem a explossiva combinação de juventude com muito dinheiro no bolso, parecem não ter simplesmente um neurônio ativo fora de campo. Ou se tem, simplesmente desligam.

Parece coisa inventada essa - mais uma! - confusão envolvendo Adriano, sua noiva e muitos jogadores do Flamengo.

Não sou careta, não sou do tipo de repórter que se preocupe com a vida particular dos entrevistados, mas Adriano procura. O cara é conhecido no mundo inteiro e vai a um baile funk numa comunidade carioca na madrugada de sexta-feira achando que ninguém vai perceber. Mesmo que não tivesse acontecido nada, sempre tem um gaiato que vê e implica, telefona pra colunista de jornal, tira uma foto.

E o séquito imperial tinha ainda cerca de dez jogadores do Flamengo. Dez! Cada um faz o que quer da vida, mas atleta profissional de madrugada em baile funk tem que saber que a responsabilidade pelo que pode acontecer é dele e que a chance de não dar coisa boa é grande.

A noiva de Adriano pintou por lá, certamente querendo saber porque ele estava na festa e sem ela. Aí já viu: barraco dos bons.

Adriano parece mais um daqueles casos sem solução. Tinha tudo para ir à Copa e agora parece estar fazendo de tudo para não ir.

Como Fábio Capello disse em relação à Inglaterra, parece valer para o Brasil. O problema é que os jogadores jovens ganham muito dinheiro muito jovens.

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos. Em meio a tudo isso, o Flamengo tem jogos importantes pela Libertadores. Durma-se com um barraco desses.

4 comentários:

Alessandro R. C. disse...

Posso estar errado mas é como se fosse um vício. Os fumantes, mesmo sabendo que cigarro faz muito mal, seguem fumando por causa do vício e do prazer.

Já o Adriano e Cia., mesmo sabendo que suas festinhas podem acabar mal, seguem indo. Ele parece um viciado em sair pra night. E talvez viciado em sexo.

Anônimo disse...

com todo respeito, noriega, é careta sim. Sou rubro-negro, to puto com essa história, mas o problema não é ter ido ao baile! Flagrante da mulher, po. Isso acontece todo santo dia, com qualquer profissao. O problema é o psicológico fraco do Adriano. Ora bolas, engole seco, amanha vai ser outro dia e vai jogar a LIBERTADORES, po...

Carlinha Mendrot disse...

Olá Noriega,

Excelente a sua visão e concordo plenamente.

Acredito sim que muitos jogadores, principalmente os mais jovens não tem conseguido administrar adequadamente a combinação explosiva como vc citou (muito dinheiro e juventude) e acrescento ainda, fama, que muitas vezes faz tirar os pés do chão e se deixa levar por regalias que normalmente não combina com a profissão, ou o momento daquele profissional.

Talvez isso só aconteça por que realmente esses jovens famosos e endinheirados não sabem ou não querem manter ativo o seu neurônio. Ele errou? Sem dúvida nenhuma. E com certeza está desperdiçando grandes chances.

Mesmo que não houvesse uma Copa na jogada, existe a conduta e a responsabilidade profissional que todos nós devemos ter e sabemos que para quem está nas mídias e aparecendo nas TV's qualquer passo em falso, pode denegrir toda imagem construída.

Com o talento que ele tem as oportunidades que recebe mais a fama de imperador ele poderia ao menos, pensar naqueles "não atletas" que sonham em ter uma chance e dar o exemplo, mostrar o caminho certo, como se faz qual a melhor maneira. Mas talvez para ele as baladas sejam bem mais interessantes.

É uma pena, para ele, para a família e para os fãs.

Beijo Noriega,
Parabéns pelo blog.

AQUI É TIMAO disse...

COMO JOGADOR DE FUTEBOL PODE SER TAO BURRO!!!!PELO JEITO O ADRIANO GOSTA MAIS EM SAIR EM REVISTINHA TIPO TI TI TI DO QUE EM COLUNA ESPORTIVA,MEO VCS PARARAM PRA PENSAR QUE O CARA VAI FICAR FORA DO JOGO DA LIBERTADORES POR CAUSA DISSO.TA DE BRINCADEIRA EM NAO SOU FLAMENGUISTA SOU CURINTIA MAIS SE O MENGO PERDER SE EU SOU A TORCIDA NO PROXIMO JOGO Q ELE ENTRAR EM CAMPO
EU VOU COBRAR ELE...