segunda-feira, abril 13, 2009

Semifinais de arrepiar
para o torcedor em SP
(e dá-lhe, mata-mata!)


Antes de mais nada, defensor confesso que sou do mata-mata, não poderia deixar de puxar a sardinha para a minha brasa (hehehehe). As semifinais do estadual paulista mostram que esse sistema de disputa em termos de emoção, pelo menos para mim, é insuperável. Tudo aberto, nada resolvido, muitas situações possíveis, jogos emocionantes.

No sábado, Santos e Palmeiras fizeram o grande jogo do campeonato até agora. Bem disputado ao extremo, com raça, técnica, tática, grandes defesas, gols perdidos. Um jogo de superação e determinação do Santos, com atuações soberbas de Fábio Costa e Roberto Brum e um gol de gente grande do menino Neymar. O Palmeiras optou pelo contragolpe e também jogou muito, com Cleiton Xavier e Diego Souza em ótima fase.

Tudo aberto para a volta no Palestra Itália, agora com 60% de chances para o Santos e 40% para o Palmeiras. Desfalque importante para Luxemburgo será Cleiton Xavier, o jogador que é mais acionado na equipe e que dá mais passes para gols. O Santos não terá o bom Rodigo Souto, mas contará com o retorno de Fabiano Eller.

O jogo de domingo, no Pacaembu, não foi tão bom tecnicamente como o da Vila, mas sobrou emoção. Antes de mais nada, acho que o erro mais grave do bom árbitro Sálvio Spínola foi não ter expulsado André Dias e Ronaldo no primeiro tempo. André entrou pesado em Dentinho, e Ronaldo foi para dar o troco, com raiva nos olhos, no zagueiro tricolor. Era rua para os dois ali.

Quanto ao jogo, o Corinthians foi melhor, sempre tomou a iniciativa, pressionou mais. O São Paulo esteve fiel ao seu padrão, bem posicionado, fatal nas bolas paradas, mas Borges não esteve inspirado, assim como Washington. E a defesa são-paulina, sempre competente, mostrou falhas pouco comuns.

Elias jogou muito, Cristian também. Pena que o volante corintiano fez aquele gesto lamentável ao comemorar o gol da virada. Será que ele tem noção que aquilo desencadeou um princípio de tumulto nas numeradas, no local em que havia apenas uma cerca entre corintianos e são-paulinos? Sem contar a falta de educação do gesto. Esse é o tipo de gesto que jogador de futebol deve evitar para que não seja imitado por garotos em peladas inocentes por aí. Sem contar o clima que vai gerar para o jogo de volta.

22 comentários:

Anônimo disse...

Os primeiros jogos da semi foram sensacionais e muito bem analisados nesse tópico. De negativo, além da lamentável comemoração do jogador corinthiano, foram as declarações de Mano Menezes, enfatizando que o São Paulo é um time que busca apenas cavar faltas para os cruzamentos de Jorge Wagner, e que não se preocupa em criar jogadas de gol, além de afirmar que é uma equipe que vem sendo beneficiada pela arbitragem, com constantes gols em impedimento. Com todo respeito ao técnico corinthiano, este devia ponderar que os arbitros e, principalmente os auxiliares, estão falhando constantemente, beneficiando e prejudicando a todos, sem exceção (o São Paulo, por exemplo, não teve nenhum penalti assinalado a seu favor em todo o campeonato paulista). Quanto as jogadas para cavar faltas, acho que o Sr. Mano esqueceu do gol sofrido no primeiro jogo do campeonato entre ambas as equipes. É de se estranhar uma declaração dessa vinda de um técnico tão experiente quanto o Sr. Mano Menezes, pois atingiu em cheio os brios da equipe tricolor, que procurará demosntrar no próximo domingo o contrário. Mais um ingrediente para a decisão.

André Antunes
São Paulo

Jonatas Rodrigues disse...

Eu nao acha que realmente o sistema mata-mata no ponto de vista justiça seje o mais indicado, na verdade o sistema mata-mata é injusto ao extremo e na verdade muito contraditorio, o que pode premiar um time q tenha classificado em ultimo de um grupo de classificados a ganhar o titulo como em 2002, o trabalho no geral que tem que ser premiado, no caso mata-mata é complicado por coisas do genero que sempre acontecem como o corinthians ontem que ganhou de um time q fez melhor campanha q ele e possivelmente pode se classificar no domingo ,

entao acho o sistema muito injusto , mas no ponto de vista EMOÇAO... nao posso reclamar

luis henrique disse...

pois é Noriega , ontem mais uma vez o q se passou com o banha em campo , mostra q tanto eu como o zagueiro da ponte e mta gente imparcial q ve futebol , tinhamos razoes d sobra qdo afirmamos q o banha ta blindado pela arbitragem..!

lamentavel , o gordo pode tudo em campo , assim nao da !

o beke da ponte avisou após o jogo q kem jogasse contra o corintians ia passar apertado pq o ronaldo seria sempre favorecido..!

akela entrada criminosa decidiu o jogo , a expulsao certamente mudaria a historia do classico !

agora vc vir com esse papo q o andre dias tinha q ser expulso nakele lance...com todo o respeito , vc deve tar d brincadeira né.. ? ou ta fazendo média com a torcida corintiana !!

ele entrou forte no dentinho mais pegou mto mais bola do q jogador !

e mais , o tal gol impedido do miranda (dps d tres repetiçoes é q se viu a cabeça do miranda a frente), só por isso ja absolve o bandeira , a recomendaçao da fifa é clara , na duvida , pró ataque...! sem contar q o washington sofre penalty claro antes da bola chegar na área ! e o q dizer do miranda e willian se agarrando mutuamente na area , dai o cartao vem pro miranda..? piada !! enquanto o sao paulo tiver em atrito com a federaçao paulista , será sempre prejudicado em jogos eliminatorios !

o salvio deu cartoes seletivos , foi amarelando os bekes do tricolor na certeza q ia por um pra fora !

temos time pra ganhar domingo q vem , mais seremos operados d novo , com certeza !

Thiago Campos disse...

O Corinthians foi superior, venceu com méritos, não adianta reclamar de possíveis erros da arbitragem, o importante é o Sâo Paulo fazer a lição de casa, vencendo no Morumbi é vaga na final.

Acessem: http://cademeucamisa10.com

Jr disse...

1. Não adianta dizer que o gol do São Paulo foi irregular. O São Paulo foi prejudicado, pois deveria ser dado penalti e amarelo para o Willian. Não se pode falar que o Miranda estava impedido e o lance deveria ser parado. Não; pois se o Washigton não fosse agarrado, poderia ele ter tocado a bola antes do Miranda, que então não participaria da jogada. O lance seria do Washington.

2. O Willian também deveria ser expulso, pois levou amarelo no 2º tempo e deveria ter levado o 1º amarelo no penalti, no momento do gol do São Paulo. (Da mesma forma que o André Dias levou o 2º amarelo, o lance continua e depois aplica-se o cartão).

3. Aproveito para dizer que no "frango" do Rogéio no jogo contra o Defensor o lance foi irregular...
O atacante do Defensor que apertou o goleiro e forçou o erro, estava impedido na hora da cobrança da falta.
Portanto, participou ativamente e a jogada deveria ser invalidada...

Abraço

Marcelo Laguna disse...

Nori, mata-mata é realmente sensacional. Eu também sou fã. Mas para torneios tipo Copa do Brasil, Liga dos Campeões, Libertadores, etc etc etc...para campeonatos como o Brasileirão, pontos corridos sempre!

abração

Nori disse...

André, infelizmente técnicos e jogadores não sabem no caldeirão em que estão metidos e falam coisas que deveriam evitar. Que Deus proteja todos que estiverem nos estádios nos jogos de volta se eles continuarem a falar e fazer besteiras.
Abs

Nori disse...

Jonatas, são opiniões e respeito muito a sua.
Abs

Nori disse...

Laguna, nada contra os pontos corridos, apenas tudo a favor do mata-mata. Sempre.
Abs

Nori disse...

Luis, registrado. Realmente o Washington sofre falta antes do gol em impedimento do Miranda, que também fez falta no Chicão.
Abs

Nori disse...

Prezado Jr, só discordo do lance de quinta do Rogério. Se o jogador uruguaio não estivesse lá ele tomaria o frango do mesmo jeito. O que não tem problema algum, porque frango todo grande goleiro também toma de vez em quando.
Abs

luis henrique disse...

para completar o meu post , fico imaginando como é q um jogador q passou por tudo o q esse ronaldo passou (sofreu com lesões gravíssimas), da uma entrada criminosa daquelas ....!!!!!!!!!!!!
podia ter kebrado o andré facil facil,
aí vem um beke revoltado e da uma no meio dele , acaba d estorar o q ja nao ta mto bem...e dps vao crucificar o beke feito jesus na cruz..!

como eu keria o lugano em campo nestes dois jogos...!

Anônimo disse...

A entrada foi idêntica a que o andré deu no Dentinho que saiu fora. É claro que uma coisa não justifica outra mas, é "entendível" no "calor do jogo"!

Joao Salvatori disse...

Acho que nenhum time pode reclamar mais do que o outro quanto às (más) arbitragens.
Agora fatos são fatos. O São Paulo não tem nenhum penalti marcado justamente por não ter nenhuma jogada de infiltração ou toque de bola. É só chuveirinho.
Quanto ao gesto do jogador do Corinthians lógico que foi lamentavel. Isto incita a violencia. Mas foi apenas uma resposta aos Lecos, Jesus, Marco A.
da vida que todo o jogo e toda a entrevista só fazem provocações.
Quem ouviu a declaração do Juvenal J. antes do jogo sobre o Pacaembu vai achar este gesto pouco.

abs

Anônimo disse...

O André so visou a bola, será que vc não enxerga. na sua ideia uma mão lava outra?
A entrada do Ronaldo foi na perna do André e não na bola.
Foi fácil arrumar emprego aí né, é só dizer o que eles mandam,né cordeiro global.

Nori disse...

Fácil é falar e se esconder atrás do anonimato, anônimo. Vc certamente não sabe o significado da expressão uma mão lava a outra. E se vc acha que o André Dias visou a bola, opinião sua. Eu acho que quem visa a bola não entra com o pé naquela altura.
Certo, cordeiro do anonimato?

Bagarovski disse...

É, Noriega, também sou fã dos mata-matas. Deve ser por isso que a Libertadores e a Liga dos Campeões são tão emocionantes e disputados.

Em contra-partida, daqui a pouco começa o Brasileirão, um campeonato CHATÍSSIMO, com excesso de times e jogos. 38 rodadas e 20 times? Precisa de tudo isso?

Anônimo disse...

Caro João Salvatori,

Com todo respeito ao seu comentário, me permita discordar, pois o São Paulo não é equipe que faz gols apenas de bolas paradas. Se tiver oportunidade reveja alguns taipes dos jogos e poderá mudar sua opinião. Quanto as declarações dos dirigentes São Paulinos, você tem toda razão, porém o Presidente Corinthiano não fica atrás, pelo contrário, após toda a polemica dos ingressos na primeira partida,disparou uma série de imbecilidades, chegando ao ponto de afirmar que, a partir daquele momento, os São Paulinos seriam inimigos dos Corinthianos (declaração publicada no Lance). Jamais devemos justificar uma atitude como àquela do Cristian em razão de um comentário de algum dirigente.

Abraço
André Antunes
São Paulo

Thiago Guadalupe disse...

Nori,

sou a favor do mata-mata na Copa do Brasil e decisão de estaduais, mas, preceisamos ter um campeonato em pontos corridos para premiar o time mais regular da temporada... como ocorre no futebol inglês, italiano, espanhol, etc.

Sobre o jogo Corinthians e São Paulo, considero o gol são-paulino falha muito pior do que as possibilidades de expulsão que citou.

Abraços!

Thigo Guadalupe (blog "no ninho da coruja")

Patrícia Gomes disse...

Sou grande admiradora da disputa por mata-mata assim como você, pois essa forma gera muita expectativa na torcida e tambem nos times que se preparam de maneira especial para jogos assim. Mas o Paulistão por ter muitas equipes acaba sendo ruim, por ficar longo demais.

Anônimo disse...

Esse Noriega é brincadeira mesmo, no jogo da Libertadores afirmou que o Dagoberto deveria ser expulso e o árbitro deu cartão amarelo para o adversário e nem falou nada com o Dagol, eu interpretei o lance de acordo com a ótica do árbitro. Agora vem com essa de que o André Dias devia ser expulso, você mostra com estes comentários que nunca calçou uma chuteira na vida e não entende nada de futebol

Nori disse...

Prezado anônimo, desculpe se ofendi sua sensibilidade de craque que atuou no BArcelona, no Real, onde mais mesmo?
Fora que você deve ser surdo ou só ouve o que quer. Pegue a fita e veja que eu digo que o jogador do Defensor também entrou com o pé alto e como já tinha cartão tinha sido bem expulso. Mas esqueci, nos seus tempos de Chelsea vc deve ter passado muito por isso.
Abs