quarta-feira, abril 22, 2009

Palmeiras sobrevive


Foi daqueles jogos em que o resultado fala mais alto. O Palmeiras venceu a LDU por 2 a 0 e chegará vivo à última rodada de seu grupo na Libertadores. O que já é um feito, pois o time chegou a ser descartado da disputa após duas derrotas consecutivas.

Futebol a equipe de Luxemburgo ainda está devendo. Mas sobrou vontade. Taticamente este Palmeiras é um dos piores trabalhos de Luxemburgo. A equipe é uma bagunça. Tem uma série de pontos cegos, entre eles a lateral ou ala direita e a cobertura à frágil defesa. Mas o time provou que tem capacidade de se recuperar rapidamente de algumas derrotas, pelo menos no aspecto anímico.

O curioso é que dentro do grupo os torcedores palmeirenses trabalham com dois cenários. O mais provável passa por uma vitória do Sport sobre o Colo Colo que deixaria o Palmeiras precisando vencer o time chileno na última rodada. A visão mais favorável ao time paulista nesse cenário seria uma goleada pernambucana, deixando o Palmeiras com saldo melhor que os chilenos e, por isso, com a vantagem do empate na última rodada.

Há, ainda, um cenário menos provável, mas exequível. O Sport perde para o Colo Colo em Recife e fica atrás do Palmeiras na classificação. Na última rodada, o Palmeiras poderia até perder para o Colo Colo, desde que o Sport também perca para a Ldu, que estaria classificado.

Mas pela qualidade e força demonstradas pelo Sport até agora, o mais provável é que o primeiro cenário se apresente.

Mas fica claro que o Palmeiras dependerá muito mais da sua vontade que do seu combalido futebol para avançar à fase de mata-mata da Libertadores. Se conseguir, aí é uma outra história, tudo muda.

3 comentários:

Alcides Drummond disse...

Nori
Pertinente e verdadeiro o seu título. "O Palmeiras sobrevive".
Quando você afirma que "taticamente este Palmeiras é um dos piores trabalhos de Luxa", acerta na mosca, mas usa de um eufemismo próprio das pessoas educadas.
Assim, data-vênia, permito-me usar seu raciocínio, acoplando-o às minhas exageradas franqueza e deseducação, colocando as coisas em seus devidos lugares: " Você, Eu e todo o Brasil,somos convictos de que este,efetivamente é o pior trabalho de Luxa em toda a sua brilhante carreira de treinador".
Culpa dele, claro, que montou o atual elenco , eminentemente araucariano, como se fosse o futebol paranaense o top de linha do país. Mas, a gente sabe porquê!
Veja que ele não desiste de jogadores do Paraná e um dos tres contratados anunciados à socapa, para o brasileirão é Carlinhos Paraiba. Menos mal que, este sim, pode resolver muitos de nossos problemas pelo imenso fôlego, capacidade física e pela razoável qualidade de seu futebol, embora longe de ser um craque.
Voltando ao Sport X Colo Colo, há um terceiro cenário que é o do empate, hoje, em Recife. Aliás, em meu entendimento, o placar é o resultado mais provável de ocorrer pelo equilíbrio das equipes. Apesar de não excluir matematicamente o Palmeiras da possibilidade de classificação, trata-se do pior resultado para o Verdão, na medida em que coloca os dois adversários um ponto à sua frente, com a perspectiva de ambos empatarem os jogos finais e chegarem à classificação. Melhor para o Palmeiras que haja um vencedor, de preferência o Sport e que seja de goleada. Mas essa hipótese, possível, é, na realidade, pouco provável que venha a acontever.

Anônimo disse...

Acredito que o pior trabalho do Luxa foi aquele que ele não terminou, deixando o Palmeiras a deriva, culminando com o rebaixamento para a série B.

André Antunes
São Paulo

Bruno disse...

Sua observação está corretíssima, Nori! Vc é um cara que vai direto ao ponto e, não deixa brechas! Contudo, creio que o momento é de colher para cobrir os custos, apesar da estiagem! E, no momento certo, plantar o óbvio e que não é pouco! Ou seja, mudança na filosofia!

Della Valle