segunda-feira, outubro 20, 2008

TIME É A VERDADEIRA
SELEÇÃO DO TORCEDOR

Eu tinha praticamente certeza do resultado quando propus essa breve enquete aos amigos que me dão a honra das visitas ao blog. Mas confesso que não esperava 100% de opiniões afirmando que preferem o time à Seleção Brasileira. Isso reflete um sentimento que, para mim, sempre foi evidente no torcedor e que traduz a verdadeira noção do futebol. O que faz o sucesso desse esporte é a paixão pelo clube e a rivalidade sadia entre eles. A Seleção Brasileira seria uma espécie de cereja do bolo. Mas atualmente, por economia de idéias, a cereja, como em um doce ruim, tem sido substituída por uma imitação barata feita de chuchu.
Reproduzo aqui algumas das sábias justificativas dos internautas. Elas ajudam a entender porque o público lota estádios em grandes clássicos e não demonstra mais tanto interesse em ver o time de Dunga em ação.

Alexandre Giesbrecht disse...
Precisa responder? :) Se meu time jogasse contra a Seleção, eu torceria por ele. E olha que não faço parte do pessoal que segue a modinha de torcer contra a Seleção.


Robert Alvarez Fernández disse...
Se o Nori me permite, um pouco de sociologia de botequim...O time te identifica, te rotula sendo este o único rótulo que aceitamos de antemão : "Olha lá o palmeirense,o corinthiano,o gremista...". O time te dá passado, tradição....nossa Seleção...amistoso ? Lá no Emirates Stadium, no Dubai, no Qatar uns trocados; nossos "ídolos" jogam no Milan, Bayern, Arsenal, etc e passam um mês no Brasil, se tanto, vivendo nossa realidade.A seleção brasileira me parece aqueles pacotes de café embalados a vácuo que compravamos pra levar pros parentes da Europa devidamente rotulados "FOR EXPORT"; não era para brasileiros, é assim que a CBF vende esse produto..as taxas de ocupação dos estádios dos últimos jogos deste "café embalado a vácuo" é um sinal de que não mais nos identificamos com esses caras, a seleção perdeu seu maior patrimônio, o de representar o brasileiro, nós.P.S. a alegria dos chilenos ontém no jogo contra a Argentina serve como antítese, é um produto menos "valorizado", mas é deles, os representa.


luis augusto simon disse...
O meu time é a seleção, nori.


Andrea disse...
É como dizem por aí : meu "time do coração"... Nunca ouvi dizerem "minha seleção do coração" ... rsAbraços !!!


cafemate disse...
Não sou da modinha também que torce contra a Seleção. Mas há muito tempo que ela não me chama mais a atenção.Meu time sim, participo dele como posso, sendo sócio, indo ao estádio, apoiando. Meu time está aqui. Enquanto a seleção estiver com a cabeça apenas na Europa e suas estrelas coroadas que não têm jogado NADA, vai continuar sendo isso: nada além de mais um jogo de futebol quando o Brasil entra em campo.

Um comentário:

Saulo Milleri Biral disse...

Já esperava isso. Realmente os brasileiros preferem o seu time do coração mesmo. O brasileiro é apaixonado pelo seu clube e a seleção brasileira vem em segundo plano.