quinta-feira, outubro 22, 2009

Liderança palmeirense

não tinha sustentação

Pelo futebol que não vem jogando o Palmeiras sustenta a liderança mais ilusória do Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos. Não se sustenta em campo.

Pode ser campeão? Pode. Ainda é o que tem as maiores chances, mas anda desfilando uma falta de capacidade alarmante para seus torcedores.

Já há algum tempo o Palmeiras não jogava futebol de líder. Diria que desde a vitória sobre o Atlético Paranaense, em casa, quando jogou muito menos que o adversário. O último momento de bom futebol palmeirense foi o segundo tempo do jogo com o Santos.

Desde então o time tem sido uma sucessão de erros individuais absurdos que evidenciam a perda do eixo coletivo. Alguns jogadores sumiram. Cleiton Xavier é uma pálida lembrança do organizador eficiente de outrora. Diego Souza parecia um zumbi em campo contra Flamengo e Santo André. Edmílson é o grande erro tático de Muricy, em minha opinião. Ele não pode ser volante, não tem físico e ritmo para isso.

Bola jogada, o título se oferece para vários clubes. Pelo que estão jogando, apenas três mostram qualidades dignas de um campeão: Atlético Mineiro, Flamengo e Cruzeiro. Para Cruzeiro e Flamengo talvez não dê mais tempo. Já para o Galo estão abertas as portas da alegria. O São Paulo está mais parecido com o Palmeiras do que com esses outros três.

E o Palmeiras? A julgar pela amarelada de ontem, está pronto para perder o título mais ganho dos últimos tempos.

18 comentários:

Célio Pretto disse...

Parabéns Noriega, concordo completamente com tudo o que vocês escreveu.

Célio Pretto
Porto Alegre

Waltinho Oliveira disse...

Noriega, mais uma vez parabéns, vc é um comentarista muito coerente.
Vejo os adversários que estão na frente do Cruzeiro: Palmeiras, Atlético MG, Inter, SPFC, Goiás e Flamengo.

Bom, o Porco perdeu, o SPFC tem um clássico contra um Santos, que se resolverem jogar, vai dar trabalho, O Galo tem o Vitória sem Ramon, se eles entrarem de salto alto, o Vitória complica, o Inter tem o Gre-Nal, o periquito desesperado joga em casa contra o outro desesperado Fluminense, lembrando que o Botafogo venceu no Serra Dourada, e o Flamengo joga o clássico contra o Bota, sendo que nos últimos anos tem havido muito empates.

Analisando esses jogos, não será difícil que pelo menos 3 desses concorrentes diretos percam seus jogos. MAS, PRIMEIRO, O CRUZEIRO PRECISA FAZER A PARTE DELE, ou seja, vencer o Corinthians mesmo jogando no Pacaembu, se o Cruzeiro vencer entra na briga pelo título Noriega, o que acha?

Alô Adilson, sem “invencionices”, só no arroz com feijão, penso que dá para chegar.


Abraços

Gabriel Neris disse...

E a galera do Verde não mais cantará "É CAMPEÃO" antes da hora...

acho bem feito!

Não jogam bem faz tempo, Flamengo e Atl-MG tão na briga

http://gabriel-neris.blogspot.com

Bruno Miranda disse...

Nori, sou um fanático torcedor verde. Não tenho qualquer ligação com organizadas ou coisa do tipo. Moro em Sorocaba, e portanto, infelizmente pouco vou ao estádio e chego a ser um solitário torcedor de sofá por opção. Gosto de ver os jogos com calma, analisar, ouvir os comentários, etc...

Concordo com a "deficiência" técnica que você cita. Mas pode um time simplesmente parar de jogar dessa forma? Quer dizer que derrepente, assim, como num passe de mágica, qualquer volante do Brasil anula o futebol dos selecionáveis DS e CX? A melhor zaga do torneio "bate cabeça"? (eu sei, Pirre...).

A possibilidade de um racha deve ser totalmente ignorada?

Não quero gerar polêmica, mas gostaria realmente de ouvir algo a respeito fora da chamada "Mídia Palestrina"...

Confesso que como torcedor, é complicado não imaginar que o "buraco é mais embaixo"!!

Forte Abraço!
Sucesso...

Nori disse...

Prezado Waltinho, possível é, mas seria necessário um aproveitamento de 90%, 100% do Cruzeiro até o final, somado a tropeços dos que estão à frente e contra os quais ele não vai jogar. É viável, mas difícil. Libertadores é totalmente viável e deve acontecer.
Abs

Nori disse...

Bruno Miranda, não tenho informações a respeito, nada muito profundo de bastidores, a não ser que existe uma insatisfação da direção do Palmeiras com o comportamento de alguns jogadores, mas tudo muito velado, nada que venha a público.
Futebol é cheio de meandros que passam ao largo e a gente nunca fica sabendo.
Abs

Bruno Miranda disse...

Obrigado pela atenção Nori!

Infelizmente acho que vamos deixar outro time levar esse ano... inaceitável!

Abraço!

Waltinho Oliveira disse...

Obrigado por responder Noriega.

Um abraço

Antonio disse...

Noriega,

Uma vez que Fla e Galo encontrar-se-ão no Mineirão, caso ambos mantenham o aproveitamento atual, não vejo motivo pra tirar o Mengão da briga. São 2 pontos de vantagem do Galo sobre o Flamengo. E esse superclássico pode decidir um Brasileirão 29 anos depois. Sou Rubronegro (é assim com a nova grafia?), mas estou tentando ater-me apenas à matemática. O que acha?

Abraço.

Anônimo disse...

Caro Nori,

Será que esse perde e ganha, não só do Palmeiras, não ocorre em razão do Campeonato Brasileiro ser um dos mais equilibrados do Mundo? Das 20 equipes que iniciaram o Campeonato, pelo menos nove podiam almejar o Título. Sem pensar muito: São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Santos (que vinha de belo Paulista), Internacional, Gremio, Cruzeiro, Atlético Mineiro, Flamengo. Isso sem contar com eventuais surpresas durante o torneio. As outras onze são equipes tradicionais, capazes de endurecer o jogo com qq adversário. Em nenhum outro Campeonato do mundo a um equilibrio tão grande. Os últimos resultados do Palmeiras foram normais, é verdade que pouco para um time que quer ser campeão. Sinceramente não acho que o Palmeiras tenha jogado mal, fez um bom primeiro tempo contra o Flamengo e ontem desperdicou algumas boas chances de gol. Mas como dizia um velho narrador esportivo (sr. Ennio Rodrigues), "o que vale é bola na rede"!

Abraço
André Antunes
São Paulo

Blog do Carlão - Futebol é nossa área disse...

Jamais mostre seu ponto fraco. Diego Souza mostrou, ao dizer que tem receio de perder o título. A confiança alvi-verde está minada.

Rafael Pecoraro disse...

Kabeça,

Inacreditavel está derrota! O Muricy com tanta experiencia em campeonatos de pontos corridos deixar o time nesta situação? Erros taticos em oartidas decisivas?
Acho que este titulo já era! Volta Luxa!!!

Abs
Rafael

Aly disse...

Bom dia Nori, td bem?? Por que o Palmeiras caiu de rendimento?

Para mim, o palmeiras caiu de rendimento muito na parte defensiva, logo a apos a perda de Pierre, que fazia com que a bola não chegasse perto da zaga, e estimulava o LENTO Edmilson jogar, porque tinha o caso de guarda do lado, coisa que não acontece com o Souza, que é muito vulnerável e leva MUITA bronca do time todo, ontem vi Edmilson, Danilo e Marcos metendo bronca nele. E mesmo quando a bola passava, tinha Mauricio Ramos, que tava marcando muito, e tinha o entrosamento com Danilo, coisa que não acontece com Marcão, que é lento e quando tem a bola tenta resolver tudo na base do chutão.
O ataque continua na mesma, mas sem as roubadas de bolas que faziam com que Cleiton e Diego não precisassem voltar tanto para pegar essa bola para sair jogando, tinham mais liberdade para atacar e confiança que se errassem tinha alguém que segurava lá atrás, agora eles têm medo de errar e não arriscam tanto.

O Palmeiras deixou de ser favorito ontem, que se pelo menos empata, dava um medo nos outros, porque querendo ou não eles iam saber que se não ganhassem o Palmeiras abriria mais um ponto de vantagem.. Mas esse pontinho de vantagem que ainda resta (caso atlético ganhe) vai ser bom, porque o Palmeiras joga a próxima em casa, e se ganhar do Goiás, independente dos outros resultados, volta a ser favorito, pois irá voltar à confiança.

Abraço

Nori disse...

Antonio, seu raciocínio é correto, mas o Flamengo ainda tem 4 times à frente dele para chegar ao título. Por isso eu disse que "acho" que não dá mais tempo. Mas o fato de eu achar não quer dizer que não dá. Só penso que o Flamengo está bem para a Libertadores, com ótimas chances.
Abs

Nori disse...

Aly, seu ponto de vista é muito coerente e interessante.
Abs

Nori disse...

André, embora esteja jogando mal, o Palmeiras segue sendo o time mais eficiente do campeonato, no conjunto da obra.
Abs

Aly disse...

Obrigado pela resposta nori.

Sabe porque digo da falta que o Pierre faz? O Palmeiras tinha sofrido até a rodada 22 que foi o jogo do São Paulo, última atuação de Pierre, 19 gols em 22 jogos. após essa rodada, e sem Pierre, o Palmeiras tomou 15 gols em 9 jogos, a média que era de 0,86 por jogo, passou a ser de 1,67, é muita diferença. Para ter uma base, a média do Fluminense (último colocado), é de 1,63 gols sofridos por jogo, ou seja, a média do Palmeiras sem Pierre, está pior, só é melhor do que Náutico (1,80) e Sport (1,70).

Muricy precisa achar um substituto, ou uma formação diferente para suprir a falta do Perre..

abraço nori

Antonio disse...

Abraço, Noriega. Obrigado pela atenção.