quinta-feira, outubro 28, 2010

Gaciba deixa arbitragem

para virar comentarista


Exclusivo!!!!!!

O bom árbitro gaúcho Leonardo Gaciba decidiu encerrar a carreira para ser comentarista. Ele foi contratado pelo grupo RBS e deve estrear no Mundial de Clubes, em Abu Dabi. Sua atuação deve ser dividida entre a RBS TV e a Rádio Gaúcha.

9 comentários:

Juliana de Brito disse...

Não me surpreende. Mas achei que esse lugarzinho na RBS era do Simon.

Anônimo disse...

BOA SORTE GACIBA!

rodrigotmendes disse...

É duro aguentar comentarista de arbitragem falando hein? Nem assisto jogo na Globo mais!

Jean-Baptiste Grenouille disse...

"Bom árbitro"?!?!?!?!
Aonde?
Já vai tarde... soprador de apito nefasto!!!

Alcides Drummond (OAV) disse...

Mais um huno invasor entre radialistas e jornalistas, classes em que os sindicatos e associações de cronistas são iguais a peito de homem, isto é, não servem para nada.
O pouco que resta da profissão vai sendo ocupado por pessoas que sempre criticaram e rebaixaram o jornalismo e os jornalistas. Debite-se mais um "crime" contra a profissão, na conta dos senhores Osmar Santos e Luciano do Valle os pioneiros dessa prática que liquidou a profissão e os profissionais. com a convalidação inexplçicável dos meretíssimos juízes do supremo.
Alcides Drummond (jornalista e radialista, OAV, MG)

Tiago disse...

O Chico Garcia q estava na gaucha saiu pra Band
Tinha um reporter na gaucha fazendo a dele
agora anunciam Gaciba

Allan disse...

Boa notícia.

O Gaciba é um grande profissional, porém quando apitou jogos do meu Esportivo nunca deu muita sorte ao clube.

Que tenha sucesso nesse novo trabalho.

ILTOM VARGAS DE OLIVEIRA disse...

Uma grande contratação da RBS,foi um grande juíz e certamente será um ótimo comentarista.Desejo á ele muito sucesso.

Marcelo disse...

Noriega. Comentaristas esportivos como você, um jornalista profissional dando as opiniões sobre os lances polêmicos é positivo, principalmente esclarecendo os critérios como você faz. Mas o comentarista de arbitragem é algo muito negativo. Como as transmissões dos jogos são exclusividade de uma ou duas emissoras, todos acabam se baseando no que conclui o “especialista”. Basta ver aqui neste espaço que as opiniões sobre um lance são as mais diversas possíveis. A gente tem que aprender respeitar as opiniões dos outros. A exclusividade do comentarista de arbitragem vai em sentido contrário. Vejam o lance do 2º gol anulado do Ronaldo contra o Guarani. O Ronaldo estava em posição de impedimento até o momento do lançamento. No exato momento do lançamento o zagueiro do Guarani bota o pé na linha da área o que facilita visualizar que seu pé dá condição à barriga do Ronaldo. O comentarista de arbitragem está numa cabine com monitor, ar condicionado, com a imagem congelada, e o famoso tira-teima... e mesmo assim as controvérsias aumentam, e por quê? Porque os lances mais polêmicos são interpretativos. A opinião geralmente sem critérios do comentarista de arbitragem e o uso da tecnologia “fria” não acrescenta em nada se não houver um bom senso em entender o que a arbitragem viu, em ângulos diferentes, em milésimos de segundos, em simulações dos jogadores, etc.