segunda-feira, agosto 13, 2007

A ESTUPIDEZ REINA NO FUTEBOL


Alguns acontecimentos recentes comprovam que o futebol, mesmo apaixonante, cativante e uma mania mundial, ainda está recheado de estupidez, dentro e fora das quatro linhas. Estupidez irracional como aquele chute no rosto desferido pelo Túlio, do Botafogo. Estupidez racional, como essa questão toda envolvendo o Richarlyson, do São Paulo, em que um magistrado acusa, julga e condena um ser humano com base em suposições e, ainda pior, por uma opção. Estupidez reacionária como a velada suspensão a Ana Paula Oliveira apenas pelo fato de ela ter posado nua em uma revista masculina. E aquela estupidez do dia a dia, da bagunça, da desorganização, dos treinadores mandrakes etc.
O caso do Túlio é emblemático. Bom jogador, gente boa, inteligente, Túlio certamente surtou por um segundo quando chutou o rosto do Leandro, do São Paulo. Algo que precisa ser duramente punido, como os tapinhas cafajestes do Souza, do Flamengo, no Tcheco, do Grêmio. E os coices e cotoveladas do Tcheco e do Gavilán no Alex Mineiro e no Evandro, do Atlético Paranaense.
Não adianta punir de mentirinha e depois aliviar. É preciso punir para dar o exemplo e pelo menos começar uma caçada à estupidez reinante, não apenas no mundo da bola, mas no planeta. Ou corremos o risco de ver casos como o do zagueiro Cris, hoje feliz da vida na França. Ele se meteu num quebra-pau com o goleiro Eduardo, num Cruzeiro x Atlético-MG, levou uma baita suspensão e, mesmo estando suspenso, foi convocado e participou da Copa do Mundo de 2006!!!! Uma baita punição, concordam? Uma vergonha.
O caso do Richarlyson só mostra que o futebol é um ambiente em que reina um preconceito muito mal disfarçado. Histórias de homossexualismo no esporte pululam. E o lado fofoqueiro que reside em cada torcedor, jornalista, enfim, em todo mundo, vibra com essas polêmicas pra lá de inúteis. O ser humano, e o brasileiro em especial, adora uma fofoca. Mas deveria se preocupar mais com a sua vida do que com a dos outros. Se fulano é gay, se cicrano é isso ou aquilo, problema deles. Richarlyson, ao que parece, é um profissional correto, dedicado e trabalhador. É direito dele falar ou não de suas opções de vida, inclusive a sexual. E o assunto morre ali.
Recentemente falecido, o jogador de vôlei Lilico assumiu sua homossexualidade numa entrevista à repórter Karol Knoploch, então em A Gazeta Esportiva. No vôlei todos já sabiam disso e o próprio jogador fazia questão de deixar claro sempre que começava o trabalho em um novo time. Seguiu jogando vôlei enquanto pôde e, ao que consta, sem problemas. Então, que tal deixar o Richarlyson em paz e cuidar cada um da sua vida?
Outra bobagem é essa polêmica em torno da Ana Paula Oliveira. Tem gente que acha que ela não pode bandeirar nunca mais só porque posou nua. E eu pergunto; por quê? O Vampeta posou pelado e joga bola até hoje. Hortência e Ida, craques do basquete e do vôlei, posaram nuas e seguiram suas brilhantes carreiras. O que ouvirá que já não tenha ouvido a Ana Paula só porque posou nua? Ela vai errar ou acertar menos por isso? Quanta baboseira!!!!
O certo é que no futebol as pessoas adoram falar em ética e em caráter, mas a maioria não conhece e nem sabe como utilizar essas palavras. O que interessa é vencer e se dar bem a qualquer custo. O boleiro que cai na vida tem fama de pegador e é idolatrado. A mulher que se aventura nesse meio é tachada de sapatão ou vagabunda. E é mais importante descobrir se fulano é gay do que analisar sua atuação como atleta.
Assim caminha a mediocridade.

MEIO CAMINHO ANDADO

Foi-se praticamente todo o primeiro turno do Gangorrão-07. Faltam alguns jogos atrasados que não mudarão o fato de que segue gritante a diferença entre o São Paulo e o restante dos times em termos de eficiência e competitividade. Mas há fatos novos que podem chacoalhar o segundo turno. Talvez não a disputa pelo título, mas sim pela Libertadores e contra o rebaixamento. Claro que se houver uma vitória do Botafogo sobre o Corinthians, a diferença em relação ao São Paulo seria perfeitamente contornável. Sem contar a arrancada do Cruzeiro. Mas se levarmos em conta o fato de que no returno o São Paulo joga em casa contra ambos, a teoria já se pinta de três cores.
Título à parte, a briga pela Libertadores promete. Estão nela, muito vivos, São Paulo, Botafogo, Vasco, Cruzeiro, Goiás, Palmeiras, Grêmio, Santos, Inter. E lá embaixo tem muita gente preocupada. Enfim, atrações para todos os gostos, em duelos cheios de alternativas táticas, técnicas e psicológicas. Casos do Palmeiras, que adora fugir de casa. Do Inter que reatou um casamento antigo. Do Corinthians que faz do sofrimento sua religião. Do Santos que acredita na magia de um treinador. Diversão não faltará. Principalmente se a estupidez der uma trégua.

10 comentários:

Gabriel Galvão disse...

Nori,
Eu respeito muito você e acho um dos melhores jornalistas do Brasil,
mas fico muito incomodado com o fato de você e alguns outros jornalistas passarem tanto a mão na cabeça da Ana Paula de Oliveira, afinal ele errou feio não só em um jogo, mas em vários.

A minha idéia é a seguinte, atleta que posa pelado, bleza afinal a vida é dele, quando a torcida ou algum adversário "sacanear" ele vai ter que aguentar mas vai ser fácil, já uma bandeirinha, ou juíza, alguém que depende de respeito e autoridade, não pode se dar ao luxo de fazer isso, a não ser que esteja em final de carreira.

E outra coisa essa de juiz ficar dando entrevista antes dos jogos deveria de ser proíbido.

Anônimo disse...

Olá Maurício,
sou jornalista do CREF4/SP e, a pedido do Prof. Hudson Ventura, preciso do seu e-mail para enviar mensagem referente ao Dia do Profissional. Desculpe-me por utilizar o seu blog para isto.

Obrigada,

Patricia Piacentini
comunicacao@crefsp.org.br

André disse...

Parabéns Nori!!!!

Grande Abraço!!

Nori disse...

Olá, Gabriel. Honestamente, discordo de vc. Com todo o respeito. Acho que a Ana Paula acertou muito mais do que errou na carreira, mas é questão de opinião. Também acho que autoridade se demonstra com correção de caráter e com base em um bom comportamento, não interessa se posou nua ou não. Abs

Miss Lyly disse...

Concordo com você sobre a Ana Paula , não entendo porque cruxificá-la desta forma. Nenhum juiz nunca errou né? Só ela ..

Ah .. quiseram pegar ela cristo , e foi pega porque é mulher , e bonita! Puro preconceito!

Adoro seu blog!

Beijos!

Anônimo disse...

Nori, a Ana Paulo foi absolutamente vítima, trata-se de uma exelente bandeirinha...Lamentável a atitude do Botafogo, vale lembrar que erros acontecem, como o do Márcio Rezende que deu o único título Brasileiro ao Botafogo e não me lembro do referido juíz ter ido pra geladeira...Fica a pergunta, por quê a Ana Paula parou de bandeirar????
Abraços!!
Leonardo-Go

Sergio disse...

Noriega, os luminosos colocados pelo Inter na fachada do Beira-Rio sempre foram uma provocação ao Grêmio. Os dizeres "campeão do mundo - Fifa" foram parar lá porque o título colorado foi homologado pela entidade que rege o futebol mundial, ao contrário da conquista gremista em 1983. Com a notícia de que o rival teria que retirar o "Fifa" dos painéis, os tricolores se lavaram em provocações nesta terça-feira. E não demorou para o presidente do clube do Beira-Rio, Vitório Piffero, contra-atacar.
- Se tivéssemos noção de que estávamos machucando tantos gremistas, não teríamos colocado os luminosos - afirma Piffero, em entrevista para a Rádio Guaíba.
O dirigente faz uma separação entre os clubes que ganharam o Mundial organizado pela Fifa e os vencedores de antes. Esta diferença está gravada no coração de todos os brasileiros, e dos gaúchos em especial - diz.
Com a proibição da Fifa, o Inter transformará os painéis, que agora celebrarão a conquista da Tríplice Coroa - Libertadores, Mundial e Recopa.


Nori, o presidente tem toda razão hehe

Sergio

Alexandre Massi disse...

Noriega,

Meu nome é Alexandre Massi, estou entrando no seu blog pela primeira vez, estou de pleno acordo no que diz respeito a Ana Paula Oliveira. Concordo em todos os aspectos contigo. Outra coisa que gostaria de falar é, na verdade, divulgar meu blog. São atualizações diárias, com matérias que não saem na grande mídia. Entra Lá!! Abraço

www.blogdomassi.blogspot.com

PS: tem uma matéria bem legal com o filho do Zidane, nos posts antigos, denominada Filho de Peixe, Peixinho é

Daniel Lopes disse...

Adorei a lista dos vinhos, concordo com 90% dela


=)

Neto disse...

Nori, corrigindo: O Cris foi atacado por trás pelo Eduardo e então o pau comeu solto. É claro que Cris arremessou um objeto em direção à torcida do Galo e, por isso, Eduardo foi pra cima! Claro, os dois estão errados!