domingo, abril 22, 2007


O GRÊMIO MERECE SEU HINO


Para mim o hino do Grêmio Futebol Portoalegrense é o mais bonito dos times brasileiros. Até a pé nós iremos, para o que der e vier...Coisa linda, diria o amigo Ricardo Caprioti.
E o Grêmio, por alguns feitos de sua história, merece com todas as letras e notas musicais esse presente dado por Lupicínio Rodrigues. Aquela fantástica vitória sobre o Náutico em 2005 e agora essa sobre o Caxias, que parecia improvável.
Duvido que exista hoje um torcedor no Brasil mais orgulhoso que o do Grêmio. E cada vez mais os tricolores gaúchos podem dizer que estarão com seu time onde ele estiver. Por que esse grupo comandado por Mano Menezes merece.


SÃO CAETANO FEZ HISTÓRIA

Foi uma grande zebra. Mas não ocorrida por acaso. O São Caetano construiu a zebra. Jogou muito, se desdobrou, se superou. O São Paulo até foi melhor no primeiro tempo, mas taticamente esteve mal o tempo todo. Técnico e jogadores. Josué é um fenômeno, mas não consegue marcar sozinho no meio-campo. Ilsinho é atacante, isso mesmo e só isso: atacante. Jogando como ala ou lateral, se tiver que marcar, é um desastre. Não sabe. André Dias joga muito e teve um péssimo dia. O São Paulo continua forte, mas aprendeu uma dura lição. Júnior, Jadílson e Jorge Wagner? Acho até que os três podem jogar juntos, mas Júnior e Jorge Wagner parece a dupla ideal pela esquerda.
Muricy não tem nada de burro. Tem como característica mexer pouco nos times que treina, acredita em repetição, em entrosamento. Também acho cabotino falar que ele errou ontem. André Dias jogou muito contra o Alianza. Melhor seria colocar que a aposta dele deu errado. E qualquer estratégia que um técnico escolha, ele não combina com o outro treinador, com o outro time. E a execução do bom São Paulo coletivo ontem foi um desastre no segundo tempo.
O São Caetano tem um grande meia-esquerda chamado Douglas. Não que seja craque, mas sabe jogar e é um articulador, peça rara hoje em dia. Paulo Sérgio é um belo lateral. Fora isso, o time tem disciplina tática, outra coisa rara em nosso futebol. Fez história, porque meter 4 no São Paulo no Morumbi é mais uma raridade. E fez história porque sabe e saiu de campo assumindo que foi uma grande zebra. Mas uma zebra contundente.

SHOW NOS CÉUS

Sensacional a Corrida Aérea que agitou o Rio. Para mim é, de longe, a melhor invenção no mundo do esporte de entretenimento. De arrepiar.

TELÊ

Em 1993 fui a Rosário, na Argentina, trabalhar em um jogo Newell´s Old Boys e São Paulo. Cobria o São Paulo para o jornal Diário Popular. Já era - e felizmente ainda sou - muito amigo do mestre Valdir Joaquim de Morais, o maior descobridor de goleiros do mundo. Vou ao bar do hotel, vejo Telê e Valdir bebericando e conversando. Valdir me chama, Telê fica meio arredio, mas Valdir faz o meio-campo, fala do meu pai (Luiz Noriega), que é amigo dele há décadas e Telê se abre. Conversamos por umas duas horas. Telê falou de futebol, uma aula de conhecimento. Falou de craques que viu jogar de pelo menos umas quatro nacionalidades. Sempre com sorriso no rosto. Como gostava de futebol o Telê, que nos deixou há um ano.

13 comentários:

Rubão disse...

A comunidade Hello Kitty está inconsolável com a surra que tomaram ontem. tingiram o Cofap Stadium ontem de rosa.

Muricy mereceu. É hoje, disparado, o técnico mais antipático do futebol brasileiro. Igualzinho à torcida do seu time. Se antes era um time simpático, está pau-a-pau com o Vasco de Eurico em termos de rejeição.

luis henrique disse...

PRA MIM A ESCAÇALAÇAO DO SAMPA E O ESQUEMA Q IRIA JOGAR É O Q MENOS IMPORTAVA NO JOGO DE SABADO , O ELENCO É MTO BOM E OS DOIS ESQUEMAS SAO BONS , 3-5-2 E 4-4-2 !!
O VACILO FOI NA ESTRATEGIA DE JOGO , TINHA Q TER ENTRADO NA BOA , JOGANDO BEM FECHADO ATRAS(NAO IMPORTA Q JOGASSE FEIO) E SÓ SAINDO NA BOA PRA MATAR O JOGO NO DESESPERO DELES A PARTIR DO MEIO DO 2° TEMPO !!
JOGAR COM INTELIGENCIA , COM O REGULAMENTO NA MAO !!
FOI UM ERRO PRIMARIO ...!!
ACHO Q HOUVE SALTO ALTO POR PARTE DO SAMPA , O TRICOLOR PENSAVA Q PODIA VENCER O SAO CAETANO NO MOMENTO Q BEM ENTENDESSE , E SE DEU MAL !!
NAO É POSSIVEL Q UM TIME Q VINHA DE JOGO E VIAGEM DESGASTANTES NO MEIO DE SEMANA , Q TINHA O REGULAMENTO A SEU FAVOR ( EMPATE) , SAIA COM TUDO PRA CIMA DO ADVERSARIO , SE EXPONDO SEM A MINIMA NESCESSIDADE !!
DEU NO Q DEU , ELES É Q JOGARAM FECHADOS ATRAS (UM FERROLHO) E MATARAM O JOGO NO CONTRA ATAQUE , OUSEJA , FIZERAM O Q O TRICOLOR TINHA Q TER FEITO !!

Anônimo disse...

Nori, fala do grande ACP - Paranavaí, que ontem ELIMINOU o Coritiba. O ACP tem folha de pagamento de 52 mil reais e conseguiu ganhar. Que beleza!!!

Clériston Cordova
Paranavaí_PR
www.toncordova.zip.net

luis henrique disse...

qual é rubao!!! esse discursinho seu ai ta parecendo coisa de galinha sem historia , galinha sem estadio , fregues do tricolor ...!!
ou entao das sereias q tem complexo de inferioridade em relaçao ao sao paulo f c !!!
essa é uma das razoes pq esse pais nao vai pra frente ,tudo q é bom, moderno,vencedor, transparente(leia-se sao paulo f c ) era pra ser COPIADO e nao INVEJADO....!!
e mais , nao confunda REJEIÇAO com INVEJA...!!
o TRICOLOR é sim o clube mais invejado do pais , é o "preço" q paga por ser transparente , moderno , vencedor , organizado e por ai vai...!!
saudaçoes tricolores rubao !!

Renata disse...

Nori, engraçado... pouco se falou a respeito disso, mas acho que nos 2 jogos contra o São Caetano, o São Paulo jogou afobado, ansioso, até com um certo desequilíbrio emocional... ao contrário do que você disse na transmissão pelo Sportv, acho que o time foi de fato nocauteado no segundo gol. O time simplesmente entrou em choque, não conseguiu organizar qualquer grande jogada depois disso. Fiquei surpresa com a imaturidade do time.
Espero que tenham aprendido com a derrota, caso contrário, adeus Libertadores.
Nori, após a transmissão do jogo ouvi o Milton Leite dizer "foi o chamado nó tático". Sinceramente, não concordo. Apesar de achar que o Muricy escalou um time demasiadamente desprotegido no meio de campo, penso que o fator determinante, inclusive para as consequências táticas e técnicas que vieram a seguir, foi o abalo emocional sofrido em função de uma situação adversa, coisa que o São Paulo aprendeu a conhecer pouco durante os últimos meses.
Parabéns pela transmissão, você é ótimo!
Abraços!

Nori disse...

Renata, eu cheguei a dizer durante a transmissão que o São Paulo estava apressado demais sem necessidade. E foi realmente o que ocorreu. Quanto ao Milton, foi uma expressão apenas, talvez referindo-se ao fato de o São Paulo não ter conseguido reagir ao estilo de jogo proposto pelo São Caetano.
Abs e volte sempre!

Renata disse...

Nori, envio como sugestão musical a minha "track list" no momento:
* Smashing Pumpkins - Mellon Collie and the Infinite Sadness
* Betty Carter - The Audience With Betty Carter
* Nick Drake - Pink Moon
* Mozart - Concertos para Trompa com Karajan e Dennis Brain
* Bach - Suites Francesas com Glenn Gould
* Bach - Suites para Violoncelo com Pablo Casals
* Jeru The Damaja - Wrath o the Math
* Cartola, disco de 1974 com maestro Dino

Abraço!

Anônimo disse...

Kabeça, a entrevista coletiva do Rogério Ceni no final do jogo ressumi o espirito do time do São Paulo F.C. - TIME PREPOTENTE e ARROGANTE!! Faltou humildade ! Bastava falar: O São Caetano foi melhor e ponto final.Gostei do seus comentarios parabéns e sucesso!!Um abraço Rafael Pecoraro

AlexSA disse...

Também concordo com essa Renata, você manja em!?!? Nori, você acha perigoso equipes como o Fla e o Santos estarem envolvidos com finais de regionais e no mata-mata da Libertadores ao mesmo tempo? Achei relativamente boa a eliminação (não precisava ter sido de goleada!) do São Paulo para evitar essas decisões num mesmo momento... Sem querer cornetar, mas nunca o time que fez a melhor campanha da 1ª fase da Libertadores levou o troféu...

carlão disse...

Se certas coisas só acontecem com o Botafogo, certas coisas só o Grêmio é capaz.

Bruno disse...

Nori,
concordo com tudo o que você disse, exceto aos elogios à corrida de aviões.

Acho esse evento de uma irresponsabilidade monstruosa. Qualquer erro pode provocar a morte de centenas de pessoas. Por enquanto tudo é festa, tudo é alegria. Aí, quando acontecer, é que vão se dar conta das vidas que colocaram em perigo.

Também discordo dos argumentos de que são pilotos especialistas, exímios, experientes, testados à euxastão. Qualquer ser humano está sujeito ao erro. E um erro nessas circunstâncias, com aquela velocidade, com aquela proximidade do público, dos edifícios, enfim, de toda a paisagem, pode causar uma tragédia de proporções gigantescas.

Abraço de um fã

Joel disse...

Os torcedores do Grêmio são mesmo incansáveis.
Eles deveriam receber o nome de torcedores grenais.
Eles não estão presentes apenas " onde o grêmio estiver", como também onde o "Inter estiver".
Nunca vi gostar tanto de um adversário como eles.

Nayara disse...

O Grêmio em 2002 levou uma surra do Santos. Voltaram a pé para casa... igual no hino "até a pé iremos..." hahahaha
não sei pq essa simpatia com o grêmio, sendo que no Brasil temos times muito mais fortes e importantes que o Grêmio.