quinta-feira, abril 12, 2007


COISAS QUE SÓ
ACONTECEM COM
O BOTAFOGO


Não existe relação mais particular que a do torcedor do Botafogo com seu time. Quem conhece um botafoguense sabe disso. Uma torcida fiel, apaixonada como todas, mas supersticiosa, crítica, analítca e cheia de manias como nenhuma outra. Entrou para a história a frase "há coisas que só acontecem com o Botafogo". Remete mais a tragédias, a derrotas e imprevistos, que são curtidas com algum gosto mórbido pelos alvinegros cariocas.
Pois o gol mil de Romário, que ainda não veio, bateu na trave do Botafogo por duas vezes em um curto período de tempo. Ouvi de alguns botafoguenses que não tinha jeito, era contra o Botafogo, só poderia ser contra o Botafogo, era sina de alvinegro etc. Pois não foi.
O que houve foi um jogo épico no Maracanã, digno das maiores glórias de Vasco e Botafogo, um jogo que pareceu ter sido teletransportado dos anos 60 para 2007 tamanha a intensidade e a magia com que foi disputado. Um 4 a 4 é sempre um grande jogo. Mas o desta quarta no Maracanã será lembrado por muito tempo. E não há honra maior para um jogo de futebol e para quem participa dele que o mesmo seja lembrado. A pitada final de drama veio com os pênaltis, a contusão de Romário e o êxtase do botafoguense, esse ser especial dentro do já especialíssimo universo dos torcedores de futebol.
Tenho certeza que muitos alvinegros despertaram nessa quinta-feira amarrando cortinas, soprando as nuvens do Cristo Redentor. Porque é quando dão sorte que as superstições precisam ser confirmadas.
Quanto a Romário, talvez seja mais fácil marcar um amistoso, um jogo de festa, proporcionar ao Baixinho uma despedida de gala e o milésimo gol. Porque o que era apenas expectativa já está virando drama. Tomara que não vire chacota, já que brasileiro tem a péssima mania de avacalhar com tudo. Romário merecia logo essa milésima benção para poder curtir sua justa aposentadoria.

REFLEXÕES PAULISTAS

Que fique claro: o Bragantino mereceu muito mais que Palmeiras e Paulista a última vaga nas semifinais do Paulistão. Mereceu porque foi o time que menos se acovardou quando precisou decidir. E mereceu porque, dos três, era o que enfrentava as piores condições para chegar. Não tem a fama e o prestígio do Palmeiras e nem a organização e o sucesso recentes do Paulista. Foi um time formado meio que ao acaso e que deu certo com base em trabalho e superação.
O que não me impede de afirmar algo. Bragantino e São Caetano merecem todo o respeito e o crédito pelas classificações, mas só chegaram porque Corinthians e, principalmente, Palmeiras, foram pra lá de incompetentes. O Corinthians por demonstrar uma capacidade inigualável de autodestruição, por estar implodindo a cada semana. O Palmeiras por dar as costas ao seu passado e tremer diante da possibilidade de com dois jogadores a mais vencer o modesto Guaratinguetá, mesmo jogando no Palestra Itália. A diferença entre os rivais é que o Palmeiras parece estar buscando um Norte, enquanto o Corinthians nem isso.
Nas semifinais teremos, na teoria, um confronto desigual. No papel, São Paulo e Santos sobram. São melhores, muito melhores que seus adversários. Mas precisam comprovar a teoria na prática. Lembremos, apenas, que o São Caetano está na Série B do Brasileiro e o Bragantino, na Série C. O que reforça sobremaneira a incapacidade de Corinthians e Palmeiras. O São Caetano não lembra em quase nada o time forte e consistente de 2000 e 2001. Tem dedicação de sobra e apenas um talento que parece ser acima da média: o meia-esquerda Douglas. Não deve ser suficiente para acabar com a consistência e a competitividade são-paulinas. O Bragantino tem a preparação física como grande destaque, além da visão ofensiva do técnico Marcelo Veiga, que joga quase o tempo todo com três homens na frente. O camisa 7 Everton é rápido, esperto e driblador. Mesmo asim, parece pouco para segurar o inspirado Santos de Zé Roberto e cia.

GOD SAVE THE QUEEN

A Inglaterra, que nos anos 80, após a Tragédia de Heysel, era a ovelha negra do futebol europeu, completou esta semana o ciclo virtuoso da recuperação. Dos quatro semifinalistas da Liga dos Campeões, três são ingleses: Liverpool, Manchester e Chelsea. O Campeonato Inglês é o mais agradável de ser ver da Europa, foge da chatice italiana e da fragilidade espanhola (excetuando-se aqui Real e Barça). Eles inventaram o futebol e agora são os legítimos donos da bola na Europa.

17 comentários:

luis henrique disse...

noriega , no seu texto a respeito do milesimo gol do romario(pelas contas dele , pois oficialmente tem pouco mais de oitocentos)vc fala na possibilidade de virar chacota e da pessima mania do brasileiro de avacalhar com tudo !!
pessima mania de avacalhar com tudo tem uma grande parte dos famosos e ricos deste pais(politicos , jogadores de futebol , etc..) , de achar q por terem essa condiçao estao acima do bem e do mal e podem tudo pra satisfazer suas ambiçoes pessoais !!
o romario foi um craque um dos melhores atacantes do mundo na grande area , mas isso nao lhe da o direito de mentir pro brasil sobre o tal milesimo gol !!
é por essas e outras q o pais é o q é !
aqui quem tem fama , dinheiro e poder , pode tudo...!!
romario sempre teve longe de ser unanimidade no brasil , nao pelo seu futebol e sim por ser arrogante , metido a Deus , nao ser uma pessoa humilde !!
qdo o felipão nao o levou pro mundial , mais da metade do pais concordou com a decisao(correta alias) , bem ao contrario do que a rede globo quis fazer passar ao pais e ao mundo , na epoca !!
infelizmente , esse monopolio pernicioso q a emissora carioca detem no futebol brasileiro priva a nos torcedores e principalmente consumidores a opçao de escolher por ver jogos em outras emissoras , e nos obriga a ter que engolir o bairrismo carioca exacerbado(galvao bueno q o diga)!!
nós paulistas ainda temos por força da nossa economia , respeitado o direito de ver jogos das nossas equipes , mas boa parte do brasil é obrigado a ver jogos de timecos decadentes do rio qdo deveriam ter a opçao de escolher o q querem ver !!
e assim caminha a mediocridade...!!

Nori disse...

Luís, tudo bem? Cara, eu sou brasileiro, não ligo pra isso de paulista ou carioca. Nasci no interior de São Paulo e me sinto brasileiro no Sul, no Norte e no Rio. O Campeonato Carioca é, para mim, mais interessante como disputa que o Paulista, tem uma fórmula melhor e mais interessante. Mas os dois melhores times do País no momento estão em São Paulo: Santos e São Paulo.
Quanto ao Romário, cada um conta os gols como quiser. Pela Fifa, tão citada e comentada, embora não mereça tanto crédito em alguns assuntos, nem o Pelé teria mil gols, já que a entidade não considera os torneios estaduais entre seus jogos oficiais. A Fifa organiza Mundiais de catagorias de base e não consta esses gols para os jogadores. Vá entender.

luis henrique disse...

noriega , desculpe-me por nao te-lo cumprimentado , ta td bem comigo , espero q com vc tb !!
em relaçao a fifa concordo com o q vc escreveu , certas decisoes sao no minimo mto questionaveis !!
qto ao tal milesimo gol do romario , nao é pelo fato do pelé ter "inventado " o seu milesimo gol (como a folha de sao paulo provou à epoca) q o romario tenha q inventar o seu tb , ja se passaram mtos anos do "feito" do pelé e infelizmente essa postura de burlar a verdade , a realidade , os fatos , que principalmente a elite brasileira tem , em nome da autopromoçao , continua com toda a força !!
acho isso um pessimo exemplo pra sociedade , cada vez mais no brasil se tem a certeza q basta ser rico , famoso , ter amigos poderosos na midia (leia-se galvao bueno), pra mudar regras pre-estabelecidas , inventar numeros , ou seja , fazer o q for preciso pra se autopromover !!
o futebol do romario foi brilhante , nao ha a necessidade de passar por essa situaçao ridicula , constrangedora e hilariante que se tornou a busca pelo "milesimo" gol !!

Leonardo disse...

Nori,acho que esta conversa a respeito do romário nem deveria ser levantada. O baixinho sempre se garantiu em campo, sempre ajudou o Brasil e tem todo o direito de comemorar o gol 1000 sendo este o milésimo ou não!O Brasil deveria valorizar mais seus ídolos vejam o Maradona na Argentina, o Jordan nos EUA e tantos outros...Não importa se são 10,20,220..o que importa foi o quanto este jogador nos ajudou!!!Como sãopaulino,não tenho nenhum interesse pelo (falido)futebol carioca mas vejo alguns jogos do Vasco para poder dizer aos meus netos que pude ver um gênio jogando futebol!
Obrigado Baixinho!!
PS. O São Paulo vai vencer o Santos e será campeão paulista pode bancar isso Nori! Eu tenho certeza!
Abraços!!

luis henrique disse...

noriega , vi na sua vitrola o phil collins !!
esse cara é fera , fui num show dele em lisboa , no antigo estadio do sporting , alvalade , e foi dimais !!
vi mtos shows em lisboa , pois moro tres meses aki no brasil e tres em portugal , mas no show do phil collins observei um detalhe q é sensacional , foi o unico cantor q vc assistindo o show ao vivo é como se tivesse ouvindo o cd gravado , ou seja , tem uma voz mto boa q nao precisa ser trabalhada qdo da gravaçao do cd !!
sou fa dele tb !!

Anônimo disse...

Cabeça, concordo com quando você diz que o Palmeiras foi incompetente!!Mas acho que a maioria dos jogadores não sabem o que significa vestir uma camisa gloriosa..... Faltou coragem!
Abs
Rafael

Anônimo disse...

Se pensarmos que TODA fronteira é uma linha imaginária, concluiremos que somos filhos do planeta Terra. Pensar diferente é tirar lá do fundo o ranço da involução.

Cristiano Machado disse...

Na minha opinião,Noriega,o Campeonato Inglês é o melhor do Mundo,e o Manchester o melhor time. O Chelsea e o Liverpool me agradam muito também,o Arsenal um pouco menos.
Botafogo é o melhor time do Rio hoje,me parece tão "talentoso" quanto o Flamengo,mas mantém mais regularidade.
Final do Paulista:Santos e São Paulo,2 jogos muito disputados,não apontaria favorito.
Outra pergunta,não me leve a mal por favor:Sou fã do Milton Leite e outro dia discuti com um amigo santista por causa disso que me garantiu que o Luxemburgo está processando o Milton.É verdade?
Abraços e parabéns pelo seu trabalho.

Nori disse...

Luís, sou suspeito para falar de Genesis e Phil Collins, porque sou um grande fã. Abs.

Nori disse...

Cristiano, não sei nada sobre esse assunto e é uma questão pessoal, se realmente houver. Só não vejo motivo, pois o trabalho do MIlton é corretíssimo e talentoso.

Cristiano Machado disse...

OK,Noriega. Muito obrigado pela atenção, mesmo. Concordo totalmente com você sobre o trabalho do Milton,justamente por isso perguntei, porque duvido dessa história.
Um grande abraço!

Neto disse...

Nori, parabéns pelo blog! Mas discordo com você sobre o campeonato inglês. Acho tão modorrento quanto o italiano. Adoro futebol, mas outro dia me deu um desespero diante de um Licerpool e Manchester City. Achei que fosse o acaso, mas quase me enforquei com Chelsea x Leeds (se não me engano). Era chutão do goleiro para o ataque, cabeçada da zaga para o meio, trombada, bola espirra na lateral, zagueiro recua para o goleiro e tome mais chuveirinho para o nada.....não aguentei e liguei na Rede Vida, em um delicioso Ferroviária 4 x 2 SEV Hortolândia.
Abraços

AlexSA disse...

Olá, Nori... Nori, desculpe-me, mas hoje foi uma das piores transmissões suas que já vi e ouvi pelo Sportv... Simplesmente lamentável, numa comparação com o futebol você hoje me lembrou o jogo onde o Oséas fez aquele gol contra (pelo Palmeiras contra o Corinthians)... Sou torcedor do São Paulo, não gosto quando puxam o saco do "meu" time... Mas na transmissão notei um "anti-São Paulo" explícito... Uns 4 ou 5 supostos penalty´s a favor do São Caetano (nenhum minimamente convincente), e mão-na-bola (3 vezes) válido na área do São Caetano - ridículo... Tirei da Band, porque não gosto dos comentaristas da Band, mas dado a sua tarde infeliz - o que pode acontecer com qualquer profissional - acabei assistindo na Band a contra-gosto... Um abraço, Nori, sei que foi apenas uma tarde infeliz...

Nori disse...

Prezado Alexsa, gostar ou não é um direito seu e vc tem o controle remoto para auxiliá-lo nisso. Utilize-o. Agora, procure embasar suas críticas quando quiser fazê-las e use as palavras de maneira adequada. Infeliz e ridículo? Primeiro, eu achei que houve um pênalti para o São Caetano, do Miranda no Somália. Eu, Juca Kfouri, Milton Neves, Milton Leite e muitos outros que viram o jogo. O ótimo árbitro PC Oliveira não considerou. E daí? Muda a cotação do dólar? Pra mim, também houve um pÊnalti do Triguinho no JOsué. Quem fala em 4 ou 5 lances duvidosos é você, não eu. Pra mim, nenhuma bola na mão foi pÊnalti. Cada um tem sua opinião. Eu, vc, o árbitro. Acontece que vc, embora não admita, só acha infeliz quem não pensa como vc e só critica o que acha que falam contra o seu time. Não existe contra ou a favor, existem opiniões divergentes. Talvez você só venha a se satisfazer com uma transmissão narrada pelo Rogério Ceni e comentada pelo Marco Aurélio Cunha. Porque dentro da sua ótica, o mundo é contra o seu time e seu time sempre é prejudicado. Eu prefiro ser imparcial. Acertar e errar (graças a Deus erro, sou humano e preciso continuar a aprender sempre).
Abs e volte sempre. E seja feliz.

AlexSA disse...

Me suprpreendi pelo seu comentário acerca da minha opinião... Você pode criticar jogadores, juízes, cartolas?!?! Achei seus comentários horríveis, tenho direito de fazê-lo e realmente fiz uso do controle remoto... Mais uma vez foi infeliz Nori, seu blog é democrático, apenas fiz uma análise, como assinante e telespectador insatisfeito, achei que você fosse maduro para receber críticas como você mesmo faz a técnicos, jogadores, torcedores e cartolas (não é verdade?)... Ou para poder criticar se faz necessário um diploma de jornalismo?!?! Você acha que não tem dias ruins como comentarista? Está sempre na "melhor forma"? Nunca erra? Está sempre acima do bem e do mal? Não gosto de narradores e comentaristas "puxa-saco", mas uma dose de imparcialidade é sempre bem vinda... Foi uma crítica construtiva, minha intenção não era ofendê-lo...

Nori disse...

Alexsa, crítica é uma coisa, preconceito e mania de perseguição é outra. Critico e analiso sempre com respeito. Você nunca ouviu ou ouvirá de mim que um juiz agiu de má fé, roubou etc. Nâo falo sem provas. De onde vc tira o argumento de que fui imparcial? Do fato de que vc nunca concorda quando algum comentarista, eu ou outro, fala algo do seu time que vc não concorda. Não é a primeira vez que vc se manifesta dessa maneira. Não me senti ofendido, apenas respondi com educação e defendendo meus pontos de vista. Eu achei pênalti num lance, vc não achou, isso não quer dizer que eu ou vc estamos certos, mas que pensamos diferente. Daí vc classificar de infeliz todo um trabalho é outra história. Seria o mesmo que eu culpar o Rycharlison pela derrota do seu time.
Abs e volte sempre.

Arnaldo Bachiano disse...

Moro em Vila Velha (ES). E a verdade eh que, apesar de o futebol de S. Paulo ser, hoje, mais forte e vitorioso que o do Rio, os 4 "grandes" times do Rio ainda são mais populares, A NÍVEL NACIONAL, que os "grandes" de S. Paulo. Eh soh viajar (de carro) pelo Brasil, como faço, prah se constatar isso.
A Copa do Brasil comprova bem o que digo. No jogo Corinthians x Itumbiara, em Goiás, quase todo o Estádio era de torcedores do Itumbiara. Apenas atrás de um dos gols, havia torcedores do Timão, a maioria vinda de cidades paulistas próximas ao Estado de Goiás, como mostravam as faixas estendidas naquele espaço das arquibancadas.
Na mesma Rodada, os 4 do Rio jogaram fora. O Botafogo, no DF, o Flu, no Piauí, o Vasco, na Paraíba e o Fla, em Natal (se naum me engano). Estádios lotados, com maioria esmagadora de torcedores desses Clubes.
Isso mostra pq essa emissora, às vezes, prefere os 4 Clubes do Rio, nas transmissões.
Acho que eh uma questão do que se quer da divulgação dos produtos da "grade" de comerciais e qual público se quer atingir: se Nacional ou Regional (ou semi-nacional)
No entanto, acho esse monopólio da Globo extremamente prejudicial à saúde e democracia econômica do mercado.