quarta-feira, novembro 10, 2010

Perda de mando.


Certo ou errado?


Polêmica na reta final do Basileiro. Corinthians perde um mando de jogo e Palmeiras, dois, em virtude de (mais um) ato de vandalismo de torcedores (?) no dérbi paulista.

Confesso que não conheço muito de leis, tentei consultar alguns advogados e promovi um bom debate no twitter sobre isso. Pelo regulamento, o clube mandante é responsável pelos acontecimentos dentro do estádio. Mas soa incoerente para alguns advogados que debateram que atos praticados pela torcida adversária sejam debitados da conta do mandante.

Acredito que o Corinthians deva recorrer da punição, e acho até que os próprios advogados do Palmeiras o farão. No Brasil sempre cabe recurso de tudo, o que é bom e ruim, num País de regras demais e respeito de menos às mesmas. Acredito, também, que o Corinthians tenha bons argumentos.

O que ainda não se discutiu a fundo é o que fazer com os vândalos travestidos de torcedores? Muitos deles financiados pelos próprios clubes. Fui chamado de louco e ingênuo quando disse que os clubes, quando prejudicados pelos maus torcedores, deveriam promover ações cíveis, pedindo ressarcimento dos danos. Corinthians e Palmeiras certamente perderão algum dinheiro se as punições forem mantidas. Deveriam buscar imagens de TV e de câmeras de segurança, identificar os vândalos e processá-los.

Mas parece mais fácil criticar qualquer medida punitiva que seja tomada, imaginar cenários de mutretas e afins. Alguns torcedores sérvios aprontaram num jogo que nem houve contra a Itália, e a Sérvia perdeu os pontos. O dia em que isso acontecer aqui, talvez os clubes deixem de lado a relação promiscua com alguns torcedores (?) e passem a valorizar os que simplesmente torcem de verdade.

  

9 comentários:

Vinicius Vahamonde disse...

Sou palmeirense (já não tão fanático como nos anos 90), mas concordo plenamente com o pensamento e o raciocínio...creio que temos que penalizar SIM...só assim poderemos vislumbrar um horizonte no futebol brasileiro.

Nanddo Kordheiro disse...

Engraçado. Corinthians e Palmeiras perdem o mando de campo na reta final do Brasileirão. Fluminense em 1º, vai jogar contra o Palmeiras em campo neutro. Corinthians em 2º, vai jogar contra um carioca (vasco) em campo neutro. STJD fica onde? RJ! Ah, agora entendi!

Americo disse...

Nori,
Infelizmente ainda temos esse tipo de problema nos estádios,vamos sediar uma Copa do Mundo e estamos muito longe de resolver problemas como esse. Como citou na Europa também existe o problema do vandalismo, porém lá também existe punição.
Falando de campeonato brasileiro, vou dizer o que vai acontecer, o recurso que o Corinthians pedir vai ser aceito e no máximo o que pode acontecer é o Corinthians ficar com essa suspensão para o Campeonato de 2011. Pouco acredito que isso vai ser mantido.
Abraços

Caito Grimaldi disse...

Nori, acho errado o mandante ser punido, mesmo sendo o responsavel, se o fato acontecer na torcida adversaria!! Porque numa dessas, o torcedor vai só para prejudicar o rival, pois sabe que ele será punido!! Acho que deveria ser revisto!

Robert Alvarez Fernández disse...

Acredito que o clube mereça punição sim, até mais severas como perda de pontos, por exemplo.

Em boa parte dos casos, confusões de grandes dimensões são causadas por torcedores que tem relacionamento estreito com a direção dos clubes,são torcedores organizados, grupos políticos de dentro de clubes e por aí vai.

Punindo fortemente, pode-se chegar a um cenário em que essas relações promíscuas fiquem arriscadas e inviáveis e assim é que se combate o "crime" de maneira eficaz, tornando-o inviável e não atrativo.

Abraços,

Robert

Marcelo disse...

Caro Noriega. Concordo que a punição ao Corinthians foi injusta pois a confusão foi provocada pela torcida do Palmeiras. E que a punição foi estranhamente diferente do que já aconteceu em casos semelhantes. Queria apenas lembrar que muitos dos que hoje defendem que a punição deve ser dada somente ao clube cuja torcida causou a confusão, o que é logicamente correto, defenderam a aplicação do que está no regulamento em vários casos em jogos na Vila Belmiro, Morumbi e Parque Antártica onde o mandante tem total responsabilidade pelos acontecimentos que envolvem a segurança em suas dependências. É um bom momento para se discutir tais questões sem oportunismo.

Christiane disse...

Nori, tenho a nítida impressão de que abriu-se um precendente para que adversários prejudiquem deliberadamente os times mandantes. Basta uma bolinha de papel em campo e está feita a festa. Acredito que tem sim, que haver punição mas, apenas, para o time do qual fazia parte o torcedor que cometeu a infração. Mesmo que o estatuto do torcedor diga que a segurança é por conta do mandante, atitudes como essa precisam ser punidas com perda de mando apenas do time infrator. Ou, em breve, ninguém mais vai jogar em seu próprio campo pois estaremos cumprindo penalizações em cima de penalizações. Mas, como cabe recurso para tudo, essa história ainda vai render boas discussões. Abraço!

Rodrigo disse...

Nori concordo com o q disse!
Os timesprecisam identificaros vandalos.
A torcida de Palmeiras, Corinthians, São Paulo e tdos os outros times n pde de maneira alguma ser incluida nesta lista de "bandoeliros".
O futebol é mto maior e melhor q isso.
Pela lei é correto sim o Corinthians ser punido,mas n vejo logica ainda mais com as imagens mostrando claramente ser da torcida do Palmeiras o ato de vandalismo.
Muitos criticam medidas contra as torcidas, como clássico d euma torcida só, proibição de entrada com uniformes das organziadas e objetos relacionados as torcidas, mas do jeito q estamos essas medidas drásticas necessitarão ser feitas.

Americo disse...

Nori,

Lembra do meu Post acima! Pois é... como disse o Corinthians conseguiu um efeito suspensivo para o jogo!