segunda-feira, maio 21, 2007


LEMBRANÇAS, RECORDES E

O BRASILEIRÃO BOMBANDO

Lembro-me como se fosse hoje do dia em que vi pela TV João do Pulo saltar para a história marcando 17m89, no Pan da Cidade do México, em 1975. Eu tinha oito anos, era 1975, e por algum motivo estava em casa, acho que uma gripe qualquer, e vi um recorde mundial nascer. Já estou batendo à porta dos 40 e neste domingo Jadel Gregório superou os 17m89 de João do Pulo, marcando 17m90. Não é recorde mundial, mas ajuda, e muito, a lembrar e a reverenciar João Carlos de Oliveira.
Tive a felicidade de conhecer, de entrevistar João do Pulo, uma figura simples, pura, que se transformou em mito do esporte e que nos deixou prematuramente, transformando-se em estatística da violência no trânsito. Assim como tive a honra de ser amigo de Adhemar Ferreira da Silva, nosso maior atleta. Figuras emblemáticas e que precisam ser lembradas agoar que o Pan se aproxima.
Como fez, com humildade e a devida reverência, Jadel Gregório. Trinta e dois anos depois ele superou a marca de João do Pulo, mas lembrou do mestre. Tenho certeza que entre os milhares de paraenses que gritaram por Gregório em Belém saltava, feliz da vida, o espírito alegre de João Carlos de Oliveira.


AS LUZES DO INÍCIO DE BRASILEIRÃO


LUZ VERDE - Para Atlético Paranaense, Vasco, Palmeiras, Corinthians, Paraná e Botafogo. Começaram com tudo, aproveitando a fase de acertos e desacertos de alguns teóricos favoritos. Resta saber até onde terão fôlego, assim como todos. Mas trata-se de um belo começo.
O Furacão movido a Dênis Marques e Alex Mineiro tem tudo para transformar a Arena num autêntico alçapão. O Vasco tem como grande vantagem o fato de correr por fora, discreto, sem chamar muito a atenção, o que pode ser vantajoso. O Palmeiras tem Valdívia e Edmundo, jogadores de um nível que poucos times têm. O Corinthians aposta na força de seus garotos e numa dupla de ataque muito interessante: Everton e Finazzi. O Paraná pinta como uma boa surpresa, e o Botafogo confirma a boa fase.

LUZ AMARELA - São Paulo, Flamengo, Atlético-MG, Grêmio, Sport, Náutico, América. Há duas características para a luz amarela. Uma, ascendente. A outra, de preocupação. A de preocupação pisca para o Tricolor paulista, em fase de transição, ainda buscando uma nova cara. Assim como para o Sport, muito forte na estréia em casa e muito frágil fora. O mesmo vale par ao Galo mineiro, que espera Zetti para buscar o equilíbrio. Flamengo, Grêmio, Náutico e América brilham com o amarelo ascendente, recuperando-se, mostrando superação e valentia na segunda rodada.

LUZ VERMELHA - Santos, Fluminense, Goiás, Figueirense, Internacional, Cruzeiro, Juventude.
O Santos deu as costas para o Brasileirão e isso não se faz. Já começa o campeonato proibido de perder. O time reserva mostrou que é só isso, reserva. E a pressão pelo sucesso na Libertadores aumenta. O Fluminense faz o mesmo pensando na Copa do Brasil. Pode pagar caro, a exemplo do Figueirense. O Cruzeiro parece um bando, um time sem rumo que precisa se corrigir urgentemente. O Juventude está fraco, muito fraco. Assim como o Goiás. O Inter faz uma aposta de alto risco com um treinador novato e precisa buscar inspiração em 2006 para não ter pesadelos em 2007.

ROMÁRIO NO PAN!!!!!!

O Baixinho realizou seu sonho e como diz a música, sonhos não envelhecem. Gols pertencem a quem os faz, não cabe a mim julgar isso e dou meus parabéns ao Romário pelos mil. Seria muito bom vê-lo se despedir da Seleção Brasileira em meio aos garotos do time Sub-17 nos Jogos Pan-americanos. Passagem de bastão.

4 comentários:

Rafael Campos disse...

E ai Noriega tudo beleza ?

Muito legal ver o Jadel tendo um salto na carreira..rsrsrs
quebrou o recorde do grande mestre e esta aí como grande esperança no pan e também nas olimpíadas.

Olha, esse brasileirão ta que tá...pelo menos nessas duas rodadas pdoemos ver o quanto de equilibrio existe entre as equipes. Fica aqui meu sinal vermelho para o Cruzeiro, uma equipe que fez um mal planejamento desde o começo, não sabendo contratar peças essenciais para o elenco, como laterais e um meia com caracteristicas criativas. Agora está utilizando a garotada da base para suprir as deficiencias do time. Vamos ver sse o Dorival irá dar jeito nisso. Meu sinal verde fica para o Paraná que vira e mexe perde jogador, troca de técnico e está aí, nem preciso comentar.

Olha Noriega, sou torcedor do São Paulo mas me policio na hora de falar do meu time para não puxar sardinha nenhuma para o lado do tricolor. Eu acho que algumas pessoas da imprensa exageram sobre a situação do São Paulo. Dizem que é só no Corinthians que existe tempestade no copo d'agua, mas isso não é bem verdade. O que posso acompanhar é que uma eliminação na libertadores contra o Grêmio está gerando consequências até agora. Engraçado pensar que antes todos diziam que não tinha favorito para o jogo, ou mesmo o tricolor tendo uma ligeira vantagem se perdesse não era para desespero. Hora, São Paulo perde e começa a existir polêmica do presidente, problema do elenco com o Dagoberto. A imprensa de vez em quando joga muitas coisas no ar de maneira irracional. Muitas pessoas de memórias curtas. Não sei se você concorda comigo.
Ahhhh, esqueci de falar que o Corinthians surpreendeu na sua maneira de defender e de contratacar, Carpegiani começa a mostrar seu trabalho.

Valeuuuu Noriega..escrevi de mais..rsrsrs = )

Nathalia disse...

Noriega, é a primeira vez em que passo pelo seu blog, que, por sinal, é muito bom. Agora, "pelamordedeus", o que acontece com o São Paulo, que, desde as tragédias no Paulistão e na Libertadores, continua bastante desorganizado dentro de campo, mesmo com as alterações no elenco titular? O que você acha de uma possível volta de Paulo Autuori "solicitada" por boa parte dos torcedores? Seria um exagero?
Abraços!

Nori disse...

Nathalia, muito obrigado pela visita. Acho prematuro julgar o Muricy sem que se cobre também os jogadores que não estão rendendo. E no São Paulo, atualmente, não são poucos os jogadores que deixaram de render. Acho que o Muricy merece crédito, mas também acho que tem gente no São Paulo que quer a saída dele.
Abs

nathalia disse...

É verdade, Noriega, tem alguns jogadores (Souza, Leandro e cia.) que vêm atuando muito mal do Paulista p/ cá. O São Paulo ainda pode fazer mais contratações? Pq, p/ mim, J. Vágner e Dagoberto não são suficientes. Quem ele deveria contratar p/ entrar como volante? Abraços!