segunda-feira, maio 07, 2007


GRANDES CAMPEÕES!
E VEM AÍ O BRASILEIRO!

Antes de mais nada, parabéns a todos os campeões estaduais pelo Brasil afora. Infelizmente, é impossível ver todos os jogos, acompanhar todas as festas, mas eu acho que os torneios estaduais ainda dão um bom caldo, fazem parte da cultura futebolística brasileira. Precisam apenas de alguns ajustes, uma adeqüação a sua real importância.
Trabalhei na vitória do Santos sobre o São Caetano. Justíssima, por sinal. Desde o início o Santos não deu espaço para o São Caetano respirar, se impôs como time grande e fez prevalecer sua maior técnica. Zé Roberto jogou muito, mas acho que taticamente Rodrigo Souto foi fundamental, um gigante na marcação no meio-campo.
O São Caetano foi tímido, uma pálida lembrança do time que venceu o São Paulo e o próprio Santos. E agora terá de se virar para conter o desmanche. Curioso é que o time jamais sonhou com a chegada a uma decisão (quem afirmou foi o próprio técnico), estava pensando na Série B. E veio o sucesso no meio do caminho, que agora vai atrapalhar todo o planejamento. Menos mal que o clube fará algum dinheiro.
Vi os melhores momentos de Flamengo e Botafogo. Jogaço! O Bota foi melhor, mas o Flamengo soube decidir. Claro que há polêmica por causa daquele último lance do Dodô, que não estava impedido, mas o campeonato não se decidiu ali. Quando abriu 2 a 1, o Botafogo não soube matar o jogo e pagou caro por isso.
Em Porto Alegre, o Grêmio sobrou contra o Juventude. Diego Souza está jogando o fino da bola. Combustível para o eletrizante duelo de quarta-feira pela Libertadores.
Em Belo Horizonte, o Cruzeiro fez meio milagre e isso não bastava. A festa é do Galo, forte e vingador como sempre deveria ser. Mas a Raposa pode encontrar seu caminho com base na garotada campeã da Copa São Paulo. Desde que se livre de alguns pseudo-craques.
No Paraná, o Paranavaí, ou ACP, desbancou todos os grandes (não perdeu para nenhum) e tirou o título do Paraná Clube, o que torna, em termos psicológicos, virtualmente impossível a virada do time de Zetti sobre o Libertad, pela Libertadores.



BRASILEIRÃO

Vem aí o Brasileirão e acho que mais equilibrado do que nunca. Para mim, sem favoritos, por questões técnicas e circunstanciais. O São Paulo, pelo ótimo elenco que tem, pode ser destacado como grande força, mas isso não bastou no estadual e o time depende do que acontecerá na Libertadores. Nunca houve tanto equilíbrio, a distância entre times bons e ruins é cada vez menor. Farei um breve comentário sobre cada participante para que os amigos me ajudem no debate.

SÃO PAULO - Depende da Libertadores para saber que força colocará no início de Brasileiro. Tem elenco para ser campeão, embora precise de ajustes dentro de campo. Dagoberto é a grande novidade.

INTER - Incógnita total. A Era Abel Braga chegou ao fim vitoriosa, mas o futuro dependerá de paciência e acertos. A defesa precisa ser acertada, e o técnico Gallo é apenas uma aposta, longe de ser certeza.

SANTOS - O campeão paulista precisa reforçar defesa e ataque. Também precisa resolver se Zé Roberto vai ou fica. Ele é o diferencial. Kléber também é fundamental. Se saírem os dois...

GRÊMIO - Cada vez mais competitivo, o Tricolor gaúcho, assim como o Paulista, frita o peixe na Libertadores e olha o gato no Brasileiro. O sucesso ou fracasso de um depende do outro.

PARANÁ - Situação difícil. O time não se encontrou, é mais fraco que o de 2006 e o fracasso iminente na Libertadores pode ter consequências sérias.

VASCO - Pelo que mostrou no Carioca, qualquer coisa acima de uma campanha modesta será surpresa.

FIGUEIRENSE - Busca um salto de qualidade, que sempre esbarra em limitações financeiras para compor o elenco. Dependerá de uma boa arrancada.

GOIÁS - Vale o mesmo raciocínio que aplicado ao Figueira. A perda do título estadual pode gerar turbulências.

CORINTHIANS - A amostra do estadual faz prever um desastre. De início, entra para sobreviver, mas tem um histórico de viradas surpreendentes.

CRUZEIRO - Tem sido uma grande promessa e sempre um grande fiasco. Resta saber qual será a aposta da vez dos donos do time, os Perrela.

FLAMENGO - Mais um caso de performance atrelada ao que ocorrer na Libertadores. O problema do Flamengo tem sido, em alguns casos, querer dar o passo maior que a perna. Se for coerente com a realidade, tem boas chances.

BOTAFOGO - Se encontrar a regularidade que tanto busca, é candidato à ponta da tabela. Acho a zaga insegura. O que ocorrer na Copa do Brasil terá reflexos positivos ou negativos.

ATLÉTICO-PR - A melhor chance no ano é a Copa do Brasil. Forte em casa e fraco fora, tem se destacado nos mata-matas.

JUVENTUDE - Começou bem o ano, mas a perda do título gaúcho nas circunstâncias em que ocorreu evidenciou a fragilidade do time na hora do algo mais.

FLUMINENSE - Assim como o Corinthians, a amostra inicial faz prever o pior. Tem tempo para se reorganizar, mas sempre parece utilizar mal o tempo.

PALMEIRAS - O início de ano mostrou um time com vontade de melhorar, mas faltam ajustes fundamentais. Não houve ganho de qualidade desde a eliminação no Paulista. Está mais para coadjuvante.

NÁUTICO - A Copa do Brasil também é a grande aposta. Elenco limitado para encarar um Brasileiro em pontos corridos.

SPORT - O trabalho foi interrompido com a saída de Gallo e será reiniciado agora. Problema ta mbém é montar um elenco forte.

ATLÉTICO-MG - Olho no Galo!!!! Tem uma boa base de garotos e se mantiver Levir Culpi pode ser uma agradável surpresa.

AMÉRICA-RN - Trocou de técnico às vésperas da estréia e se não se virar muito bem nos jogos em casa, terá sérias dificuldades para permanecer.

9 comentários:

Mariana Fraga disse...

Noriega, sei que nessa hora não devo procurar culpados pela derrota, mas um juíz e um bandeirinha prejudicaram um excelente trabalho feito pelo Botafogo.

Mas tudo bem. Esse título nos foi tirado, porém muitos outros ainda virão pq temos um time que é mais que um time, é uma família!

Essa equipe só me orgulha e saiu de campo aplaudida por ter sido a melhor em campo sempre.

Gloriosas saudações alvinegras, grande beijo e ótima semana

Leonardo disse...

Nori ótimos comentários tanto aqui como no "troca de passes"...Porém acho que de fato o São Paulo é o favorito para o Brasileirão, tendo de longe o melhor elenco do Brasil lembrando que ser favorito não significa necessariamente ser campeão...Estou notando que muitos comentaristas estão receiosos em afirmar isto!!
Agora Nori uma coisa é certa, este será o pior Campeonato Brasileiro dos últimos anos em termos de nível técnico..E mais, acredito que o América de Natal, o Náutico, o Corinthians e o Goiás(há muito tempo não vejo o verdão tão ruim como este ano)têm enormes chances de caírem este ano...Espero estar enganado mas acho que o nível deste brasileirão será horrível(embora possa ser equilibrado).
Ps: Em Goiás, existe um forte boato de que o Geninho estaria indo para o Santos e o Luxa estaria
indo para o Fenerbache, voce sabe de algo??(me parece que ao término da Libertadores)
Abraços!!

Marcelo Rayel disse...

Prezado Nori, bom dia,

Gostaria de fazer um pedido, encarecidamente. Se você pudesse ajudar, antecipadamente agradeço.

Teria como você ajudar as emissoras de TV colocar o hino do Santos toda vez que fosse campeão? É triste ver o time campeão e tocar o Leão do Mar.

Concordo que essa canção quase fossilizou no ideário de quem acompanha futebol, mas esse erro vem sendo corrigido dramaticamente nos últimos anos. Só as estações de TV que não acompanham.

Tocar Leão do Mar quando o Santos ganha um título é a mesma coisa do Corinthians erguer a taça ao som de Doutor, eu não me engano/ Meu coração é corintiano...

Se você pudesse ajudar, antecipo meus agradecimentos. Muito obrigado.

Sucesso!

Marcos disse...

Noriega,por acaso,o Cleber Machado e o Milton Leite brigaram?
É porque eles tiveram umas divergências no programa e depois não apareceram mais junto.
Abraços!!!

Nori disse...

Marcos, nada a ver, apenas as escalas não coincidiram.
Abs

Nori disse...

Leonardo, o São Paulo era favorito no Paulista também e, mesmo com um grande elenco, não chegou. Isso interfere um pouco em alguma análise.
Abs

Bruno disse...

Com certeza o Santos eh o grande favorito nesse Brasileiro, mas depende muito das permanencias na equipe! abraco Noriega!

Anônimo disse...

O fogão é o favorito

Anônimo disse...

BEM FEITO para o Botafogo que não merecia ter seguido em frente na copa do Brasil, ainda bem que se desclassificou-se com a ajuda da assistente Ana Paula, agora os Botafoguenses estão sentindo na pele o que o Galô passou.
AQUI EM MINAS A NAÇÃO ATLETICANA ESTÁ MUITO FELIZ.
GALOOOOÔ CAMPEÃO.
Robson