segunda-feira, fevereiro 05, 2007

PAZ

Antes de mais nada, eu não sou contra torcida organizada, uniformizada ou qualquer que seja o nome. Acho que cada um faz o que bem entende, anda com quem quiser, se junta em grupos, torce, grita. Achar que a única culpada pela violência no futebol é esse tipo de torcida é não querer combater o problema a fundo.
Estudei e trabalhei com gente que pertencia a torcidas uniformizadas de dois grandes times de São Paulo. Um deles chegou a ser dirigente de uma delas, que é uma das maiores. Não se metia em briga, não era vândalo, estudava. Apenas curtia ir aos estádios com seus amigos e torcer pelo seu time. O outro não era dirigente, mas participava de caravanas, viajava e, até onde sei, também nunca se meteu em encrenca.
Assim como já vi muita violência em numeradas, em cadeiras cativas e até em saguões de estádios.
Não quero, com isso, eximir de culpa essas torcidas. Tem gente ruim e encrenqueira entre elas, é óbvio. Mas também tem gente que gosta da festa, dos gritos e das cantorias.
O caminho da paz só será feito quando acabar a impunidade e quem arrumar confusão em estádio ou nas proximidades for fichado pela polícia e tiver de prestar serviços à comunidade no dia de jogos de futebol. Duas horas antes, durante e duas horas depois. Se não prestar o serviço, se não aparecer, vai em cana.
Estádios são propriedades particulares na sua maioria. E brigar ou provocar arruaça em propriedade particular é passível de punição. Seja quem for o brigão, uniformizado, almofadinha, corneteiro, cardeal.
Nunca houve vontade política de acabar com as brigas e privilégios nos estádios. Tentou-se por decreto em São Paulo acabar com as torcidas organizadas. Elas continuaram existindo, mudaram de nome e os baderneiros que nela buscam abrigo foram brigar e matar longe dos estádios. Alguns tiraram proveito político disso, mas o problema continuou.
No Rio fala-se em ligação do crime organizado com grupos de torcedores. Investigação até agora, pouco ou quase nada.
Defendo que a punição deva ser aplicada a quem apronta em estádio. Seja uniformizado, organizado ou não. Quem marca briga pela Internet, idem. Quem briga na rua, também. E que os clubes, quando forem punidos por badernas de torcedores, processem os torcedores, impeçam-nos de frequentar os estádios e cobrem deles, na Justiça, o ressarcimento dos prejuízos.
Com essas medidas, acredito que haverá uma moralização e, aos poucos, as torcidas organizadas que quiserem apenas torcer, serão conhecidas e facilmente identificadas. Aí, quem sabe, voltaremos a ter apenas festas (e as torcidas ditas organizadas fazem belas festas quando querem).
Um bom exemplo foi dado entre torcedores do Noroeste e do São Paulo, em Bauru. Nenhuma confusão num estádio superlotado.

2 comentários:

MAURICIO LÁZARI disse...

GRANDE NORIEGA, COM RELAÇÃO A TORCIDAS ORGANIZADAS DOS GRANDES CLUBES DA CAPITAL, TENHO A DIZER QUE VC SITOU O JOGO NOROESTE X SÃO PAULO SEM CONFUSÕES, REALMENTE, ESTIVE EM BAURU VENDO O TRICOLOR TUDO CALMO ATÉ A TORCIDA ORGANIZADA DO SÃO PAULO CHEGAR NO ESTADIO QUE JÁ ESTAVA LOTADO, FORAM COLOCANDO FAIXAS NO ALAMBRADO COBRINDO A VISÃO DOS TORCEDORES COMUNS DE BAURU E REGIÃO, APÓS FAIXAS COLOCADAS OS ALGUNS TORCEDORES COMUNS TENTANDO ASSISTIR O JOGO ENTRARAM DEBAIXO DAS FAIXAS FICANDO ENTRE AS FAIXAS E O ALAMBRADO, QUANDO PARA SURPRESA DE TODOS OS "DONOS" DAS FAIXAS AGREDIAM OS TORCEDORES PARA ELES SAIREM DE ONDE ESTAVAM PARA ASSIM AS FAIXAS FICAREM EXPOSTAS AS CAMERAS DE TELEVISÃO. UM DIA VOU AO ESTÁDIO E QUEM SABE ESSA PORCARIA DE TORCIDA ORGANIZADA NÃO ESTEJA MAIS LÁ.

MAURICIO LÁZARI disse...

CARO NORIEGA, ESCREVI UM COMENTARIO ANTERIOR SOBRE AS TORCIDAS ORGANIZADAS QUE FORAM PARA BAURU VER O JOGO, AGORA FALANDO DO JOGO ELE FOI ÓTIMO, O GOLEIRO DO NOROESTE É MUITO BOM, TORCI PELO EMPATE POIS O NOROESTE E MEU 2º TIME, MAS COMO JÁ ESCREVI NO BLOG DO JOTA JÚNIOR, VENHO NESTE ESPAÇO AGRADECER A HUMILDADE E SIMPATIA COM QUE VC, JOTA, CERETO E OUTRO SENHOR QUE NÃO CONHEÇO RECEBERAM EU E MEUS AMIGOS NO RESTAURANTE EM BAURU, TIRAMOS FOTO, QUE VOU ENVIAR A MUITOS AMIGOS QUE GOSTARIAM DE CONHECER VOCES, OBRIGADO PELA ATENÇÃO, ATÉ UMA PRÓXIMA OPORTUNIDADE.