segunda-feira, novembro 13, 2006

MODERNO, EFICIENTE E CAMPEÃO


Dia desses ouvi uma discussão em que alguém argumentava que o São Paulo, virtual campeão brasileiro de 2006, era um bom time, mas não era ótimo. O objetivo dessa postagem é desmontar essa tese. O São Paulo é ótimo, sim senhor. Ótimo porque será o campeão do atual futebol brasileiro. Um time moderno, competitivo, eficiente, que pode não ser virtuoso, mas tem, sim, seu brilho. Um brilho adequado ao mundo real do nosso futebol. Um time que ganha 21 em 36 jogos e perde apenas 4 é algo mais que apenas eficiente.
O segredo desse time é a versatilidade de seus jogadores. Que é muito bem explorada pelo técnico Muricy Ramalho. Júnior é um lateral que joga como meia armador. Danilo é meia, mas também atua como atacante e ajuda na cobertura da defesa quando Júnior arma o time. Souza já foi ala, lateral, volante e atacante. Atualmente é meia, e dos bons. Mineiro faz de tudo um pouco e tudo bem. Muricy é daqueles treinadores sem frescura, que aposta na repetição dos treinamentos para formar uma equipe. Os resultados e a fluência do time do São Paulo em campo mostram que ele acertou.
Por trás de tudo isso está um sistema diretivo que é o mais moderno do futebol brasileiro. Os dirigentes do São Paulo gostam de ganhar e trabalham para isso. Não sem motivo, são dos poucos no Brasil que não vivem passando o pires atrás de uma parceria.
Competitivo, moderno e eficiente. Esse é o campeão brasileiro de 2006. Com toda a Justiça.

ENCONTROS E DESPEDIDAS

O final de temporada se aproxima e é hora de tirar os lenços do armário. Alguns acenam em despedida à Série A, de volta à difícil realidade da Série B. Casos de Santa Cruz e Fortaleza, que nem de longe acompanham em campo a paixão de seus torcedores. Outros acenam dando adeus à Série B e voltando para onde sempre deveriam estar: casos de Atlético Mineiro e Sport. O Galo foi forte e vingador como em seus melhores tempos. O Sport voltou a ser guerreiro. Agora resta esperar mais alguns dias para sabermos quem volta de fato e quem cai de direito. Ao que tudo indica, e com todos os méritos, Náutico e América de Natal se juntarão aos grandes no próximo ano. E a briga para saber quem escapa da Série B envolve diretamente Ponte, Fluminense e São Caetano. A rodada trará desafios ao Tricolor carioca, que joga em São Paulo contra o Corinthians. A Ponte pega um Fortaleza destruído, e o São Caetano recebe o Vasco. O Palmeiras agora só cai se for pra lá de incompetente.

16 comentários:

Fernando Galvão disse...

Nori, concordo com quase tudo sobre o São Paulo, mas ainda acho um time sem brilho, sem aquele craque de encher os olhos. Arrisco a dizer que o time de 2002, eliminado pelo Santos, tinha lances mais belos que o de hoje, com Ricardinho, Kaká e Luís Fabiano...

Arthur Virgílio disse...

Concordo com Fernando acima. Porém, no futebol de hoje só craques não vencem campeonatos, prova maior nossa seleção na última copa e o Real Madrid.
.
Um time de estrelas não significa um time campeão.

Laguna disse...

Fernando, meu amigo, tudo bem? Prefiro ver este time atual competente, raçudo e ganhador do que aquele que jogava mais bonito, porém amarelava na reta final.
abs

Ricardo disse...

Noriega, até o Corinthians de 90 era melhor que este São Paulo! O Tricolor está de parabéns pelo título, mas não dá pra negar que este time não tem nada demais! É triste ver um país com tantos craques ter um campeonato nacional tão fraco! Os melhores não jogam aqui, isso é fato!

mariomusica disse...

Noriega, vi seu texto no ArenaFC - www.arenafc.com e concordo em gênero, número e grau com tudo o que vc disse. Sou palmeirense, mas infelizmente temos que reconhecer essa realidade. O São Paulo é profissional, ao contrário dos velhinhos quase mortos de Palmeiras e Corinthians... abs e parabéns pelo seu trabalho, continue assim.

Nori disse...

Permitam-me discordar, Fernando e Ricardo. O São Paulo é bom para o que necessita o futebol de hoje, mais coletivo, mais eficiente. Tem craques sim, mas em posições e com estilos diferentes daquelas com que estamos acostumados. Taí o Mineiro, que merece muito o adjetivo. Para mim, na era pontos corridos, Cruzeiro/03 e São Paulo de agora são os melhores times, disparado.

Henrique Silva disse...

Noriega, li seu texto em outro site e não concordo. Sou corintiano, e é bom lembrarmos que o São Paulo só começou a ganhar tudo de 2005 para cá. Antes, e durante longos 14 anos, foram taxados de amarelões, pipoqueiros e por aí, inclusive por seus próprios torcedores... relembrar é viver...

paulo piriuba z/o disse...

o são paulo é disparado o campeão em organização, e diferente dos demais nunca teve parceria, como disse o noriega. isso é um ponto a favor que deveria ser copiado por outros clubes. que tal mandar o mustafá e o dualib lá pro morumbi pra eles fazerem um curso?! abs a todos noriega, ce tá comentando pro site arenafc tb?!? abs

Nori disse...

Caro Henrique, jejum é cíclico, todo grande time passa por ele, em especial no que se refere a grandes títulos. O São Paulo ficou dez anos sem jogar a Libertadores e é tricampeão. O Inter não ganha o Brasileiro desde 79 e ganhou a Libertadores. O próprio São Paulo jamais venceu a Copa do Brasil, o Corinthians não ganhou a Libertadores, o Palmeiras ficou 16 anos na fila etc. Isso é ciclo. A diferença é que o São Paulo é mais organizado, como o Inter está sendo também. Abs

Anônimo disse...

caro noriega, sábias palavras! não é porque sou são-paulino, mas preciso concordar com tudo o que você disse. Felizmente, estamos anos luz frente dos nossos rivais, e confesso, isso acaba sendo ruim para a rivalidade do Estado. Estaria o Palmeiras e o Corinthians virando um novo Botafogo??? Espero que me responda. Sou leitor do ArenaFC e passarei a freqüentar seu blog. Tenho 48 anos e acompanho a sportvv.

Antônio P. Gonçalves disse...

caro noriega, sábias palavras! não é porque sou são-paulino, mas preciso concordar com tudo o que você disse. Felizmente, estamos anos luz frente dos nossos rivais, e confesso, isso acaba sendo ruim para a rivalidade do Estado. Estaria o Palmeiras e o Corinthians virando um novo Botafogo??? Espero que me responda. Sou leitor do ArenaFC e passarei a freqüentar seu blog. Tenho 48 anos e acompanho a sportvv.

Nori disse...

Caro Antonio, Corinthians e Palmeiras têm condições de superar esse momento ruim e voltarem a concorrer diretamente com o São Paulo. Assim como o próprio Botafogo, que, pelo esforço do fantástico Bebeto de Freitas, está voltando a ser o que era.

Nicolas Alberto Santos disse...

o são paulo é o time da moda, mas também é o time da arrogância, e poucos falam disso, vivem aliciando jogadores dos outros, e aquele marco aurélio cunha, sempre cheio de ironias, acaba ridicularizando tdodo mundo, garanto que se a fase fosse ruim, não seria nada disso, ou ninguém se lembra quando o super são paulo foi 3 vezes vice esse ano e a torcida já queria a cabeça do muricy? a incompetência de palmeiras e corinthians está fazendo com que os bambis prevaleçam, essa é a maior verdade, sou palmeirense, 21 anos, e moro em Guarulhos.

maurício - vila sônia/sp disse...

fala maurício, vi seu comentário no site arenafc e gostei bastante, você comentou o que todos nós sempre soubemos, o são paulo atingiu esse statua de melhor clube graças ao planejamento da diretoria, e isso prova que não é necessário de parceria para sobreviver. até mais

Maurício Alejándro Kehrwald disse...

Falam barbaridades do São Paulo, que de fato é um time de muita competência: campeão brasileiro 2006 e Libertadores/Mundial 2005.

Mas há uma certa resistência em falar do Inter, Campeão da Libertadores/2006 e Brasileiro 2005.

O Inter, hoje, é o clube mais competente do Brasil, vide o fato de receber a cota de televisão bem menor que a do SP, estar fora do eixo de loucura da imprensa e ter menos atenção da grande mídia.
Ainda assim, consegue se virar.

Não acha, Noriega?
Abraço.

Nori disse...

Xará, o Inter está em grande fase, com ótimos dirigentes e um grande projeto de marketing. Recuperou a aura que tinha nos anos 70, o que para o futebol brasleiro é ótimo.