sexta-feira, julho 16, 2010

Tempo para reciclagem.

Antes, uma resposta.


Uns dias para ficar em casa, matar a saudade da família e não falar de futebol. Em breve volto ao batente e ao blog.

Mas para refletir em casa, deixo uma mensagem a um blogueiro que aqui postou dizendo que pendia sobre a minha cabeça o comentário na final da Copa em que dizia que o Iniesta estava mal e uma boa possibilidade era a saída dele para a entrada do Fernando Torres.

É fácil falar depois do acontecido, mas se alguém acha que o Iniesta jogou bem durante os 90 minutos até a saída do De Jong, viu outro jogo. Iniesta arrebentou na prorrogação, quando a Holanda tinha um homem a menos e De Jong havia saído. E Iniesta é craque.

Duvido que o blogueiro lembre que antes de a bola rolar eu disse que o jogador espanhol que mais havia crescido de produção na Copa era o Iniesta. É mais fácil ser cabotino e lembrar de das derrotas, nunca das vitórias.

Se eu quisesse ser cabotino, teria dito na transmissão que quem inicia a jogada do gol da Espanha é Fernando Torres, que cruza a bola para a área, até que ela seja rebatida e caia nos pés de Fábregas.

Mas não sou cabotino.

5 comentários:

Dani disse...

É muito idolo.. rs

Jonhy Pork disse...

Isso que foi ruim nessa Copa, não teve aquele jogador que jogasse bem o tempo todo. Pra quem acha que Forlán desequilibrou, discordo, porque diversas vezes ele estava morto em campo, mas com um dos chutes monstros dele, acabava fazebdi a duferença.

Marcelo Rayel disse...

Caro Noriega,

A cabotinagem meio está na cabeça de quem gosta de cabotinagem. O prezado internauta em questão precisa aprender que, quando se está em campo, basta um cartão vermelho ou uma substituição mal feita para que, em 30 segundos, o cenário mude de figura.

O que talvez explique porque PH Ganso não admitiu ser substituído no jogo final contra o Santo André pelo Paulistão desse ano. PH Ganso viu o que Dorival Jr. não tinha visto ainda.

Bert Van Marwijk foi infeliz em sacar de Jong da partida, que, bem ou mal, mantinha Iniesta fora da zona de arremate. Uma vez sacado, destravou a Espanha no que ela tinha de melhor, exatamente o Iniesta. Se a Holanda não é lá grande coisa com 11, com 10 é menos ainda.

É disso que o futebol é feito. Quem não entende isso, sei lá... Tenta rugby...

Portanto, meu caro Nori, se o internauta em questão quer análises precisas, peça para que ele procure a Universidade Federal de São Carlos, que, acho, foi uma das poucas entidades que através de método científico disse que a campeã da Copa seria a Espanha e deixa a SporTV em paz.

Agora, se o Robben acerta aqueles dois lances que ele ficou cara-a-cara com o goleiro, tchau Universidade Federal de São Carlos.

É disso que o futebol é feito...

Sucessos no futebol às vezes são sutis. Custa qualquer um que acompanha transmissões esportivas entender isso?

É esse tipo de cobrança dos dias de hoje, essa herança maldita do mundo midiático é que me dá nos nervos. Se o comentarista foi infeliz em alguma observação, com todo respeito, Nori, azar o dele. Ele que se explique para o chefe dele, não para mim.

O Iniesta não fez uma grande partida na final porque o de Jong o mantinha longe da parte do campo onde ele joga melhor. De Jong em campo, a Holanda com os 11, e a partida estava cheirando a decisão por pênaltis.

Até o próprio internauta falaria isso no lugar de qualquer comentarista que estivesse trabalhando na partida. Mas partidas de futebol, basta um erro em 30 segundos a coisa muda toda de figura.

Agora, dizer que pesa, pende, com todo respeito... É exagerado. Ninguém previa um cartão vermelho e uma substituição mal feita perto do fim do segundo tempo da prorrogação. Nem mesmo o famigerado internauta...

P.S. - Vi ontem o clássico contra Palmeiras X Santos. Ou o Santos ajusta seu time ou tchau Copa do Brasil. O Peixe está sem estrutura de jogo e o time ontem clamava por um trabalho mais intensificado quanto aos ajustes que precisam ser feitos. Ou o Dorival Jr. ajusta o que precisa ser ajustado no Santos, ou o segundo semetre do Peixe vai ser de dar pena.

jrtambosi disse...

Noriega

Você e o Ledio estão entre os melhores comentaristas do Brasil.
É difícel eu acompanhar os jogos pela sportv, somente quando um de vcs ou entao o Milton leite, fazem parte da trasmissão. Acompanhei vcs durante a copa. Estã de parabéns.

Abraços

Jr - Curitiba

Braccini disse...

Noriega, parabéns pelo Blog e pela brilhante carreira!
Seu descanso é mais que merecido, mas não prolongue demais sua ausência, pois ficaremos ávidos de seus comentários pertinentes!
Estou seguindo-o aqui!
Futebol – Paixão e Profissão
Abraços!
Treinador Braccini