domingo, julho 11, 2010

África fez uma Copa campeã


Claro que houve problemas. Algumas cidades sem condição alguma, aeroportos precários, falta de rede hoteleira apropriada. Houve o caos nos aeroportos de Cape Town e Durban nos dias das semifinais.

Mas para mim, após 40 dias de África, posso afirmar tranquilamente que a nossa terra-mãe, o continente de onde todos nós viemos, fez uma bela Copa do Mundo. Belíssima!

A alegria com que essa gente sofrida, a maioria negra da população africana, recebeu a todos e celebrou a presença do maior evento esportivo do mundo em seu solo foi contagiante.

Até mesmo o mais fanático dos africâneres deixou um pouco seu amado rúgbi de lado para se render ao futebol.

É preciso lembrar que estamos no país mais rico do continente mais pobre do mundo. O que reforça o fato de estarmos no continente mais pobre.

Foi emocionante perceber como a África abraçou a Copa como se fosse dela, não apenas da porção outrora branca do continente negro.

Confesso que me doeu na alma o fato de a equipe sul-africana não ter passado para as oitavas, mesmo tendo jogado um futebol de bom nível contra México e França.

Hoje, na final, esse destino, sempre aprontado das dele, colocou a Holanda, a terra dos colonizadores boêres, que tanto oprimiram os negros sul-africanos, na decisão.

Juro a todo mundo que lê essas linhas que não ouvi uma palavra de vingança dos negros sul-africanos, um desejo de que a Espanha retribua com fúria, dentro de campo, tudo que eles sofreram.

Eu diria que o sorriso perene de Nelson Mandela, um dos maiores seres humanos que já caminharam por esse planeta, é a marca registrada de uma Copa que marcará para sempre.

7 comentários:

Anônimo disse...

Nori, legal, grande crônica!
Vencedores, parabéns aos africanos, os verdadeiros vencedores.
Espero que o Brasil compreenda, assim como os africanos, que o importante, quando recebemos "visitas" é tratá-los da melhor forma possível, para podermos, antes de tudo, fazer uma grande Copa!

Mozart

rodrigo nunes disse...

espanha campeã.......
tenho que me redimir...após primeira rodada comparei -a a colombia do vaLderrama.....mas,ainda sim peca demais na finalização(minha resalva...rsrsrs)
AGORA QUE ARBITRAGEM LASTIMÁVEL NESTA COPA.......HOJE ERROU DEMAIS NO FIM E CULMINOU COM IMPEDIMENTO NO PRIMEIRO LANCE DO INIESTA...NINGUÉM PERCEBEU!!!

Comandos Paintball Team - DF disse...

Olá Noriega, primeiramente parabéns pelo seu trabalho , sou seu fã.
Realmente é muito bonito ver como os africanos são espontâneos e sinceros com seus sentimentos, quando os espõe.
A pergunta é: será que o Brasil conseguirá fazer uma copa do mundo muito mais expressiva que esta realizada na África? Será que conseguiremos transparecer esta alegria que os irmãos africanos demonstraram? que conseguiremos fazer diferente com relação aos problemas encontrados na organização do mundial?
Eu, espero que sim, e que nossa seleção seja mais competente e feliz quando jogar, com amor, raça, dedicação, responsabilidade e respeito para com os torcedores brasileiros!!
Grande abraço e fique com Deus!

LeoVicente disse...

Parabéns a vocês da Sportv pela excelente Copa!!!!!!!!!
Gostaria de saber também seu e-mail para contato e do Milton Leite...

Q venha a Copa do BRasil 2014!!!!
leandros.vicente@uol.com.br

LeoVicente disse...

Parabéns a vocês da Sportv pela excelente Copa!!!!!!!!!
Gostaria de saber também seu e-mail para contato e do Milton Leite...

Q venha a Copa do BRasil 2014!!!!
leandros.vicente@uol.com.br

Raul Torres disse...

Noriega pra mim você e Milton Leite foram os grandes destaques da imprensa esportiva brasileira na Copa do Mundo. Adorei a participação de vocês.

Como disse Mano Menezes no seu blog: "Essa Copa teve um grande vencedor e nenhum perdedor."

Parabéns e Abs!
Raul Torres
www.nopiquedabola.com.br
www.twitter.com/nopiquedabola
www.youtube.com/blognopiquedabola

Vania disse...

Maurício, parabéns pelo texto!
Eu espero que o brasileiro dê tantas alegrias aos visitantes, como os afros deram...tenho medo, mas tb tenho esperança de que seja uma linda Copa (em todos os sentidos).
Abs,
Vania
Curitiba