segunda-feira, novembro 12, 2007

OS 3 CRAQUES DO BRASILEIRÃO


Essa discussão de quem é craque ou não é uma das mais saborosas do universo do futebol. Gera alguns bate-bocas históricos, dura horas e quase nunca há consenso. Fala-se que o Campeonato Brasileiro, embora esteja sendo divertido e bastante disputado, não é de alto nível técnico e que os craques rareiam. Acho até que tecnicamente não está tão ruim, mas concordo com aqueles que acham que os craques sumiram.
Para mim, o Brasileirão 2007 tem apenas três craques, mas CRAQUES mesmo em atividade: Rogério Ceni, Edmundo e Romário. Claro que muitos podem discordar e até achar que existem outros craques. E tomara que existam mesmo. Eu acho que há muitos bons jogadores e alguns jogadores muito bons. Os goleiros Felipe e Diego Cavalieri, Léo Moura, Ibson, Valdívia, Leandro Amaral, Dagoberto, Kléber, Maldonado, Kléber Pereira, Miranda, Alex Silva, Júnior, Fernandão, todos esses e alguns outros eu considero muito bons jogadores, acima da média e prováveis titulares em muitos times do mundo afora. Há ainda um grande número de jogadores bons e jovens promessas como Thiago Neves, Alex do Inter, Guilherme, Diego Souza, Pierre, Hernanes, Leandro, Richarlyson, enfim, muita gente boa.
Agora, craques mesmo eu diria que só aquele trio lá de cima. Tentarei explicar o por quê. Rogério Ceni, além de ótimo goleiro, é literalmente um fora-de-série. Cobra faltas, pênaltis, sai jogando, faz lançamentos, lidera dentro e fora de campo. Há dez anos é titular do São Paulo e é daqueles raros exemplos de atleta que chama público aos estádios. Um dos grandes baratos do futebol brasileiro atual é ver a reação nos estádios quando pinta uma falta para o São Paulo perto da área adversária. Se o jogo é no Morumbi, o estádio vem abaixo. Se o São Paulo é visitante, a torcida da casa faz aquele silêncio de quem espera uma catástrofe.
Edmundo é o craque em fase terminal, o que é uma pena. Ele mesmo afirma que nunca mais estará 100%, mas o que ainda pode render costuma valer a visita. Meu parceiro Milton Leite costuma dizer o seguinte, com aquela categoria toda dele, quando o Edmundo faz alguma bela jogada: "Como é bom ver jogar quem sabe!". Edmundo trata a bola por você mas nunca perde o respeito. Ainda é capaz de encontrar espaços onde outros só vêm confusão e de resolver jogadas que parecem insolúveis com um simples toque.
Romário eu acho que é um gênio do futebol. Atualmente, um craque esporádico, joga uma vez ou outra, tem ainda alguns lampejos e resiste bravamente à aposentadoria. Naquele Vasco x Palmeiras tirou da cartola uma cabeçada que lembrou aquela da semifinal contra a Suécia em 94 e originou uma defesa monstruosa de Diego Cavalieri. Pouco importa que Romário seja visto muito mais como aquela estátua em São Januário, mas enquanto ele ainda assinar como jogador e não colocar o ex antes, será sempre craque.

****Agradeço o incentivo dos amigos e tentarei corresponder para postar com mais frequência no blog.

3 comentários:

Anônimo disse...

Noriega, concordo com as suas palavras sobre os 3 craques do brasileirão, concerteza são os maiores valores do futebol brasileiro ainda em atividade no Brasil, agora nesse campeonato de 2007, Edmundo e Romário podem ter tido lampejos de seus velhos tempos,mais não chegaram nem perto do seu potencial ,que vive na memoria de seus fãs, e o Rogério que ainda vive um bom momento na carreira, na minha opinião não foi o craque do campeonato, apesar de grandes defesas e gols importantes .
Seria uma entresafra de craques? Edmundo,Romário saindo de cena e abrindo espaço para novos ídolos como o grande Felipe goleiro do Corinthians, que na minha opinião é o jogador com melhor desempenho individual do campeonato, um Breno que me faz recordar o Marcio Santos de 1994, apenas um garoto que já pode ser vendido no fim dessa temporada, habilidosos segundos volantes como Hernanes e Ibson , isso é muito pouco para nós que estavamos acostumados com o nível de Romário e Edmundo, mais é a realidade do futebol brasileiro, um campeonato disputado e de muito bom nível ,mais com pouquissimos momentos fora de série, os craques estão lá fora.
(o vampeta em grande em seu melhor momento na minha opinião foi o melhor segundo volante do mundo, não sei se entra no seu roll da fama mais foi um exepicional jogador e quis lembra-lo)
um abraço do amigo e fã
paulo victor pires ferreira

Anônimo disse...

NORI, MAIS UMA VEZ O STJD MOSTRA A SUA CARA SUJA E PODRE....O SÃO PAULO ESTREIOU NO CAMPEONATO DESTE ANO COM PORTÕES FECHADOS DEVIDO A INVASÃO DE UM TORCEDOR NO PARANÁ E ISSO PQ ELE FOI COMEMORAR O TÍTULO....VEJA BEM NO PARANÁ...COMO ESTE STJD FEDE...SEM FALAR QUE NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE O FLAMENGO TEM EM SEU JOGO INVASÃO DE CAMPO, LEMBRO-ME DO BEIJOQUEIRO INVADINDO NO JOGO DO GOIAS, VERGONHA!!BASTA VER O CASO DO CORINTHIANS COMPRANDO TÍTULOS E LAVANDO DINHEIRO E QUEM FOI PUNIDO????O EX-PRESIDENTE COMO SE O CLUBE NÃO TIVESSE USADO O DINHEIRO PARA TRAZER TEVEZ E CIA....PASMEM O PRESIDENTE DO STJD É CONSELHEIRO DO CORINTHIANS(NÃO É APENAS SIMPATIZANTE)?????VERGONHA, MAIS UMA VEZ VERGONHA....E AINDA FINGEM QUE EXISTE CHANCE DO CORINTHIANS CAIR E DO FLAMENGO NÃO IR A LIBERTADORES!!!???COMO SE PUDESSEMOS ACREDITAR EM ALGUMA SERIEDADE NO FUTEBOL BRASILEIRO!!!!!!!!!!!!PALHAÇADA!!
QUANTO AOS CRAQUES ESTOU DE ACORDO, EMBORA NÃO GOSTE DO EDMUNDO!!!
ABRAÇOS!!
Leonardo!!

Gustavo disse...

Caro Nori...
concordo em partes que este trio escolhido por voce realmente é o que temos ou, tivemos de melhor no Brasileirao.
Quanto á Romário e Edmundo, destes nao tenho nenhuma dúvida, serão sempre ícones do Futebol nacional. Entretanto, creio que o Rogerio Ceni tambem seja um excelente profissional, mas ainda faltam alguns detalhes.
Na minha opiniao, nao existe goleiro no mundo que saiba comandar um time como ele comanda e nem que te nha qualidade com a bola nos pés como ele tem. Mas acho que goleiro tem que, antes de tudo, ser goleiro! Felipe, Diego Cavaleiri e Bruno dão um show debaixo dos postes. Show de posicionamento, segurança e capacidade tecnica.
Adoro ver o Rogerio batendo faltas, mas antes de tudo , preciso de um goleiro que nao deixe a bola entrar, pra depois fazer os gols.
O grande merito do time do Sao paulo ter tomado tao poucos gols, não foi apenas o otimo campeonato feito pelo Rogerio, mas sim, o Excelente e incontestavel grupo do Sao paulo, que jogou sabendo das limitaçoes conhecidas. O Sucesso do Rogerio, este ano, teve como responsaveis três grandes zagueiros e um tecnico fora de serie, chamado ele: Muricy Ramalho.

No meu time, Bruno , Felipe e Diego sao titulares. Rogerio, Reserva.
Saudaçoes de um Flamenguista triste pelos acontecimentos pela luta pelo penta.
"TUDO O QUE O SAO PAULO QUER SER QUANDO CRESCER, É SER COMO O FLAMENGO. TER O RESPEITO IMPOSTO PELO RUBRO NEGRO!"