domingo, novembro 25, 2007

A ÚLTIMA VOLTA DO PONTEIRO

PARA SEIS TORCIDAS DO BRASIL

Uma quarta-feira e um final de semana. É isso que falta para que o ano de milhões de torcedores de seis times brasileiros possam saber de o Natal será de provocador ou provocado. Foi-se o Brasileirão 2007 e me permito fazer algumas reflexões sobre a penúltima rodada, que definiu duas vagas na Libertadores, e o que espera os fanáticos seguidores dessas seis importantes camisas para a próxima rodada.

SANTOS - Justa e merecida classificação para a Libertadores de um time bem montado e que tem alguns pontos muito bons. A dupla de volantes, Maldonado e Rodrigo Souto, é ótima. Kléber Pereira é um excelente centroavante, e Kléber joga muito, na lateral ou no meio. O problema do time foi a irregularidade em certos pontos do torneio e dentro dos próprios jogos. Por que o Santos geralmente vai mal no primeiro tempo e melhora muito no segundo?

FLAMENGO - Uma reação espetacular, que carimba com merecimento e justiça a volta à Libertadores. Claro que houve algumas decisões de bastidores que até os flamenguistas acharam favoráveis demais ao seu time, e a questão da mudança da ordem dos jogos possibilitou que a equipe fosse reforçada para jogos que deveriam ter ocorrido muito antes e emendasse uma sequência improvável de partidas no Maracanã. Apesar disso tudo, a reação foi arrebatadora.

PALMEIRAS - A falta de apetite do time contra o Inter foi de assustar os torcedores. O Palmeiras entrou tranquilo demais para uma decisão e quem mordeu o jogo inteiro foi o Inter. Caio Jr. esteve num dia péssimo, insistiu com Martinez e quando mexeu no time estava tudo bagunçado. O Sport acabou quebrando o galho do Palmeiras, mas a verdade é que a equipe, quando precisou do seu futebol, andou decepcionando. Tem a chance de acabar com isso contra o Atlético Mineiro, em casa. Continua dependendo apenas de suas forças, mas é aí que mora o perigo para os palmeirenses.

CRUZEIRO - Disputa palmo a palmo com o Palmeiras a alcunha de amarelão nos momentos decisivos. Foi dado como barbada na Libertadores e agora chega à última rodada tendo que torcer pelo rival Atlético. Falta alma a esse time do competente Dorival Júnior. Falta espírito de competição. Ainda existe uma chance, mas o Cruzeiro já desperdiçou tantas que se complicou sozinho.

GRÊMIO - Mano Menezes acha que o que complicou o Grêmio foi aquela derrota para o Figueirense no Olímpico. Eu já acho que foi a campanha fraquinha como visitante. Dizem que o Mano está saindo e isso é ruim pro Grêmio, que foi um time autoral, como nos tempos de Felipão. Superou suas limitações graças a um arrumador de equipes competente. Fica como zebra, mas sabem como é, não se duvida do Grêmio.

CORINTHIANS - O drama da nação alvinegra pode acabar ou piorar na quarta-feira. O time precisa vencer o Vasco para, dependendo do resultado do Goiás, chegar tranquilo à batalha final, no Olímpico. O problema é que vencer é um verbo de difícil conjugação para esse time do Corinthians, ainda mais sem o Finazzi. Se deixar para resolver no Olímpico pode ser fatal.

GOIÁS - O time vinha bem, aí resolveu trocar o técnico e entrou em parafuso. Escolheu Márcio Araújo, gente boa, estudioso, mas que vinha de dois rebaixamentos consecutivos. É chamar muita energia negativa. Precisa ganhar do Atlético no Mineirão para chegar vivo à última rodada. Falta time, falta personalidade mas sobra esperança.

PARANÁ - A derrota para o Santos foi catastrófica pela maneira como ocorreu. O time vencia até os 34 do segundo tempo e tomou uma virada de acabar com qualquer esperança. Não basta ter o artilheiro do campeonato para compensar a ruindade da zaga e do resto do time.

Um comentário:

Guilherme disse...

Noriega, você tinha dito na transmição, qual seria o motivo para o Mano Menezes não querer continuar no Grêmio?A rádio gaúcha falou sobre isso no Domingo.Na verdade o que o Mano queria, era um salto de qualidade para 2008,como deu o Internacional aos pouquinhos até chegar 2006, ou seja um time mais competitivo e com mais qualidade, tendo essa garantia ele ficaria.Mas para isso
acontecer o presidente Odone comunicou a Mano que estava atrelado somente se viesse a vaga para a Libertadores! E porque isso?Porque o Grêmio, ainda passa dificuldades financerias ,pelo resquicio da fracassada parceria com a ISL.O clube negociou de forma parcelada dívidas de vários atletas ,e isso incha a folha do mês como; Arce, Danrlei, Beto,El Loco Abreu,Sebastião Lazaroni, Caio( seu colega de Sportv)Beto( ex Flamengo e Vasco)Guilherme(hoje técnico do Marilia) e outros.Fora isso, o clube não recebeu o dinheiro pelas vendas de Lucas e Carlos Eduardo.Como o Grêmio tem dividas trabalhistas e não deu nenhum patrimônio de garantia, a justiça bloqueoou esses repasses.Então como Mano sabe que o Grêmio ano que vem tera um time mais ou menos como o desse ano( modesto) nao ira continuar , entende? Com a vaga na Libertadores ele ficaria, porque as cotas do clube seriam bem maiores, além de bilheteria , número de sócios etc, idem um time melhor.Mas como nao vira a classificação, nada feito.Abraço