segunda-feira, janeiro 28, 2008


A POLÊMICA E OS FANÁTICOS


Polêmica pura o clássico entre São Paulo e Corinthians. Já expus minha opinião sobre os lances controversos no Arena SporTV e no Bom Dia São Paulo de hoje. Repito brevemente aqui. Acho que o gol do Adriano foi legal e que foi pênalti do Chicão no Dagoberto. E também, pelos lances que pude ver, que Richarlyson e Joílson poderiam ter sido expulsos se houvessem sido aplicados cartões amarelos em lances de falta (Richarlyson) e de mão na bola (Joílson) que culminariam em dupla advertência e consequente expulsão.
O lado bom da polêmica é que acende debates interessantes, com bons argumentos e respeito de ambas as partes. O lado ruim é que desperta a ira dos fanáticos, dos cegos pela paixão, daqueles que acreditam que o mundo é um complô e que tudo é feito para prejudicar seu time.
O juiz do clássico eu acho fraco. Desde que foi levado à categoria de pseudo-celebridade depois de expulsar um jogador que deu um carrinho num Santos x São Paulo na Vila Belmiro com alguns minutos de jogo, praticamente só se fala nele por causa de polêmica. Considero Sálvio Spinola um juiz indeciso, confuso e que perde muito tempo conversando com os jogadores.
Daí a dizer que agiu de má-fé é uma outra história. Os lances que geraram polêmica no clássico estão longe da unanimidade. Comentaristas de arbitragem não chegam a um consenso, para se ter uma idéia. Então, o erro deve ser tratado como tal, um erro. Isso porque eu acho que ele errei, mas tem gente que acha que não e, quem sou eu pra achar que eu alugei a verdade?
Hoje conversei com muitos corintianos e são-paulinos. Ouvi são-paulinos dizerem que anulariam o gol do Adriano e que não foi pênalti no Dagoberto. Também ouvi corintianos dizerem que o gol foi legal e que houve o pênalti. São torcedores apaixonados por seus times, mas que conseguem ver o futebol sem a mirada quase cega do fanatismo.

OS TÉCNICOS E O VT AMIGO

Muito perigosa a postura adotada por uma parcela dos treinadores brasileiros. Hoje todo time tem uma tv no vestiário mostrando todos os lances do jogo. No intervalo ou após o jogo, treinadores e dirigentes olham tudo nos video-tapes e deitam reclamação. Alguns pressionam os câmeras e os repórteres querendo saber se o lance foi legal ou não para poderem, aí sim, pressionar os árbitros. O juiz apita o jogo que rola dentro de campo, não o jogo que a TV mostra, com dezenas de câmeras e repetições. A reclamação faz parte do processo, mas fica muito fácil jogar o erro na cara do juiz depois de ver e rever os lances em câmera lenta. O recurso eletrônico ainda não entrou em campo.

RESPOSTA A UM ANÔNIMO

Alguns insistem em postar como anônimos, mas tudo bem, lá vai a resposta ao anônimo que postou hoje:

Lamentável é achar lamentável uma opinião só porque você não concorda. Isso porque a maioria da opinião está de acordo com o que você pensa e afirma que o seu time saiu prejudicado pelos equívocos que eu vi na arbitragem. E os que não viram equívoco algum? Quem é imparcial, só quem pensa como você? Ou quem é parcial, você que só vê o seu lado da opinião? Reflita e transforme seu fanatismo apenas em uma saudável paixão.

11 comentários:

Blog do Ademar disse...

Nori, eu concordo que o árbitro é ruim. Não tem nível para comandar um clássico. Ele começou bem, como o Paulo César de Oliveira, mas depois se perdeu. Fala muito, dá bronca nos jogadores para mostrar que tem autoridade, mas é péssimo na parte disciplinar. Mas eu não acredito em má-fé. No futebol não tem mais espaço para má-fé. É ruindade mesmo. O William não alcançaria a bola, jogou o seu corpo para desequilibrar o Adriano, que se escorou para evitar a trombada. E o pênalti só não viu quem não quis. O São Paulo foi muito prejudicado. Mas a diretoria do São Paulo, os jogadores e o Muricy não devem insistir na tese da perseguição. Todo time é prejudicado em determinado momento. O Palmeiras, por exemplo, foi o clube mais prejudicado no último Brasileiro. Nem por isso creditou a perda da vaga na Libertadores aos árbitros.

Pascoal disse...

Nori, concordo que o árbitro é fraco, principalmente no aspecto disciplinar. Particularmente, vi penalti claro e falta.

Cartão Vermelho disse...

Já que o assunto é polêmica e arbitragem, quem quiser votar no OSCAR DA ARBITRAGEM ou simplesmente saber mais sobre os hoemns de preto, queiram entrar em contato conosco. Estamos a disposição. Abraço. Christian Ducharme. Equipe Cartão Vermelho.Primeiro site do Brasil especializado em arbitragem de futebol. www.cartaovermelho.com.br

Filipe Lima disse...

Vale lembrar que o Sálvio foi o árbitro que, em um São Paulo x Palmeiras do ano passado, não expulsou Edmundo em jogada violenta contra Miranda. Ou seja: coibir lance violento não parece ser muito a dele.

Nori, eu se fosse você, não me incomodaria com comentários anônimos. Se a pessoa não tem coragem de se identificar, por que deve ser levada a sério?

Abraços!

Joao Luis disse...

Fala, Nori!
Sou Corinthiano e estou no grupo daqueles que NAO ANULARIAM o gol do Adriano. Para mim, fica claro que ele sobe "momentos antes" do William. O movimento natural de pular é levar os braços à frente. Quando o zagueiro sobe, vem por baixo do Adriano. Se houvesse a carga, ele nao conseguiria impulsao.
NAo vi o lance do Dagoberto, então melhor eu nao opinar.
O que acho interessante é que o Timao finalmente tem apresentado boas jogadas, principalmente no contra-ataque, coisa que há muito nao via. Gostei do jogo, foi pegado, rápido, sem dar trégua para o adversário.
Grande abraço,
Joao Luis Amaral

Anônimo disse...

O São Paulo chora demais, sem olhar pro próprio umbigo. É só olhar o campeonato brasileiro do ano passado e ver quantos erros de arbitragem os beneficiaram. Não vi ninguém do São Paulo ir a público admitir os erros contra Paraná (gol legal do PR anulado e penalti inexistente), Atlético-PR (tiro livre indireto que não aconteceu, que acabou no gol do Jorge Vagner), Palmeiras (gol legal anulado), Sport (falta do gol do Rogério inexistente), Botafogo (falta do Júnior no lance do segundo gol do SP), Atlético-MG (adiantada monstruosa do Ceni). Já passou da hora dessa diretoria são-paulina deixar a soberba de lado, pois claramente nos últimos tempos é o time mais beneficiado do Brasil. Não estou dizendo que não seria campeão brasileiro, mas que foram favorecidos várias vezes, isso foram e foi comentado em vários debates esportivos de gente séria. É só eles olharem não muito atrás que sentiriam vergonha de reclamar dessa forma!
Ass: Cleber

Anônimo disse...

Olá Nori... Sou torcedor do São Paulo e acho que o juíz foi muito mal (gol, pênalti, além das expulsões do Chicão e do Alessandro)... Mas e daí? Foi no campeonato paulista... Eu como torcedor do São Paulo estou indiferente a este capeonato, acho que o São Paulo deveria colocar seu time B nesta competição, e utilizar alguns jogos (1 por semana) para treinar a equipe da Libertadores... Ano passado fomos eliminados pelo Grêmio devido à baixa moral da equipe após a eliminação para o São Caetano, e estou com medo que a história se repita esse ano... 10 de cada 10 saopaulinos querem a Libertadores... Um abraço.
AlexSA

Blog do Menon disse...

Maurício,

se a tevê passa o jogo com bilhões de cÂmeras, é impossível, ou pelo menos, muito difícil exigir serenidade dos treinadores. Isso é um efeito correlato do avanço da informação, não é? Talvez, não sei, o alto nível técnico das trasmissões, com câmeras de monte, faça com que a reclamação diminua. O cara vai se sentir ridículo em reclamar uma falta ou um pênalti que a tve mostrou que não existiram. Antigamente,o cara poderia falar de impedimentos e impedimentos. Hoje, com o tira teima é feita uma triagem.

Kleber Rodrigues disse...

A diretoria tricolorida conseguiu o que queria...

Desviar a atenção pelo péssimo futebol que vem sendo mostrado pelo time...

O tricolor foi engolido pelo Corinthians em campo, que só não ganhou o jogo por incompetência de seus jogadores...

E os idiotas abraçam a idéia...

Marcelo Laguna disse...

Nori,

O Sálvio é um juiz banana, isso não se discute. Mas sobre este jogo, acho que por ter rendido tanta polêmica, já mostra que o bananão nem pode ser cricificado deste jeito. Aliás, acho que o Adriano fez falta no William e o Dagoberto sofreu o pênalti!

Abração

Daniel Lopes disse...

Acho que o gol do Adriano foi legal e que foi pênalti do Chicão no Dagoberto. E também, pelos lances que pude ver, que Richarlyson e Joílson poderiam ter sido expulsos se houvessem sido aplicados cartões amarelos em lances de falta (Richarlyson) e de mão na bola (Joílson) que culminariam em dupla advertência e consequente expulsão.


CONCORDO!