quinta-feira, julho 25, 2013

Galo cantou

Parabéns aos milhões de atleticanos mineiros espalhados pelas Alterosas e pelo Brasil.

Brasil que parou em frente à TV para ver o Galo em sua épica jornada rumo ao sonhado título da Libertadores da América, testemunhada in loco por 60 mil apaixonados que deixaram quase 15 milhões de reais nas bilheterias do Mineirão.

Título que premia a equipe que, de fato, jogou o melhor futebol da competição, mesmo que não tenha feito suas melhores apresentações nas partidas semifinais e finais.

Pouco importa, porque fez o suficiente para vencer sem contestações.

A base desse Clube Atlético Mineiro da América é o ataque. Um time baseado em volúpia, em sede de gol, que premia uma torcida apaixonada, sofrida, judiada pelo tempo.

O Galo pensou grande, executou grande e hoje está no Olimpo continental, sem qualquer intenção de trocadilho.

Cuca jamais traiu seus conceitos de futebol, espantou o azar que ele mesmo afirmava existir, e estápronto  para voos ainda maiores como treinador.

O canto do Galo mineiro ecoa pela América e já é ouvido no Marrocos.

Um comentário:

Raul de Sá Freire Neto disse...

Parabéns ao Goleiro Vítor!