segunda-feira, agosto 22, 2011





























Moradores do Morumbi

marcam primeiro ato

pela segurança do bairro


Grupo de moradores do Morumbi, que já reúne mais de 2000 integrantes, resolve ir à luta contra a crescente violência que assola o bairro, onde está instalada sede do Governo do Estado.

O grupo intitulado "Moradores do Morumbi", originado através de um grupo de moradores que sentiram casos de violência extrema bem próximos de suas famílias - pôs em foco e ao alcance de outros moradores que não sabiam onde se expressar a grande questão vigente hoje no bairro: A FALTA DE SEGURANÇA.

O bairro do Morumbi tem sido alvo de constantes atos de violência. Infelizmente o número de B.O´s registrados não condiz com todos os relatos ouvidos e vividos todos os dias no Morumbi.

Diante disso, o grupo se reuniu no último dia 11, no auditório do CPV, e em concordância com os Conseg´s da região e os Guardiões do Morumbi, decidiu fazer seu primeiro grande ato público, pleiteando pacificamente maior efetivo policial, segurança, iluminação das ruas, uma subprefeitura própria e a instalação de uma base policial fixa dentro da comunidade de Paraisópolis.

O evento intitulado S.O.S Morumbi, mobilizará muitos moradores da região, mídia e órgãos públicos e ocorrerá no dia 28 de agosto as 10:30h na Praça Vinícius de Moraes ( em frente ao Palácio do Governo).
"A participação de todos será fundamental neste ato, que é o primeiro do nosso grupo. Estamos preparados para fazer quantas manifestações forem necessárias até que medidas eficientes sejam tomadas para aumentar de forma efetiva a segurança dos moradores do Morumbi", afirma um dos representantes do grupo.
Porta-vozes do grupo afirmam que o objetivo é promover uma manifestação pacífica, porém enérgica o suficiente para que as reivindicações sejam ouvidas pela mídia e pelos órgãos competentes.

4 comentários:

Carlos Eduardo Gatto Sâmia disse...

http://jogadademestres.blogspot.com/2011/08/e-agora-jobson.html

DÊ UMA OLHADA NO MEU POST SOBRE JOBSON! POR FAVOR!
OBRIGADO!!!

Anônimo disse...

Caro Noriega,
Contamos com sua presença no evento!!!

Morador do Morumbi

Futebologia Brasil disse...

Fala, Nori! Bom, sou carioca e nunca fui ao Morumbi para poder falar bem sobre. Porém, não creio que seja muito diferente da maioria dos estádios - e quando digo isso penso mais especificamente no Engenhão. Fala-se muito que o acesso é bom, porque tem ônibus, trem, estacionamento e o diabo. Mas quem vai sabe quais são as condições. O trem é muito perigoso, as ruas ao redor do estádio são mal iluminadas e estreitas, enfim, é muito perigoso. Não sei dizer exatamente quais as medidas deveriam ser tomadas, mas certamente as que vigoram precisam ser revistas.
Abraços,
Beto Passeri, por www.futebologiabrasil.blogspot.com

Equipe de produção disse...

Nori, é muito importante a efetiva participação das pessoas em manifestações como a dos moradores do morumbi. Porém, temos que nos atentar que se o problema ocorre no bairro do Morumbi, o reforço policial e/ou instalação de base fixa deve ser no bairro e não em Paraisópolis. É evidente que se escondam marginais em Paraisópolis, o bairro possui dimensões de uma cidade grande com população estimada entre 80 e 100 mil pessoas, Não moro em nenhum dos bairros, mas conheço ambos. A solicitação dos Associação de Moradores pode até ser considerada discriminatória.

Acompanho o Sportv e o considero o melhor comentarista de futebol, pela visão e entendimento tático que possui. Abraço.

Eder Frade