sexta-feira, junho 28, 2013

Números furiosos

Sempre relutei em analisar o futebol pela frieza dos números. Talvez seja o único esporte coletivo em que os números podem iludir e contar uma história diferente do jogo.
Claro que eles não são inúteis, que auxiliam, indicam tendências e caminhos.
Vejamos, pois, alguns números de Espanha x Itália. Partida que provocou diversas teses de como se para a Espanha, teorias táticas etc.
A posse de bola joga a favor de quem entende que a Itália amansou a Fúria. 55% para os ibéricos, 45% para os italianos.
Mas, que diabos, esses números traiçoeiros! A Espanha não é aquele time que enrola, que é chato? Pois sabem quantas finalizações teve a Espanha? Vinte, contra 13 da Itália. Enrola um time que finaliza 20 vezes, sendo dez chances reais de gol?
A título de comparação, o Brasil teve 68% de posse de bola contra 32% do Uruguai. Os brasileiros finalizaram 14 vezes, contra sete dos uruguaios. Quem enrolou mais? Quem ficou quase 70% do tempo com a  bola e finalizou seis ocasiões a menos que uma equipe que ficou 55% do tempo com a bola? De que lado esteve o tique-taco?
Claro que cada jogo tem sua história, sua particularidade. São jogadores diferentes, temperatura, orientação tática e cultura futebolística diferentes.
Por isso eu acho que quem conta a história de um jogo de futebol ou do futebol apenas pela ótica dos números oferece uma visão míope desse esporte maravilhoso.
É preciso respeitar e entender estilos, capacidades individuais e propostas de jogo. É também uma questão cultural.

2 comentários:

Unknown disse...

CARO NORIEGA,,CONCORDO COM SUAS OPINIÕES, SEMPRE!
TBM ACOMPANHO O FUTEBOL MUITO COM VCS,,,SEU PARCEIRO MILTON LEITE,,E SEUS COMENTÁRIOS SEMPRE CERTEIROS, AVANTIII !
ISSO QUE VC ESCREVEU AQUI,,,POIS É,,,O FUTEBOL É BEM INEXATO TBM!!
AS VEZES,,,UM CHUTE NO GOL,SÓ,,E UMA EQUIPE VENCE,,,SENDO PRESSIONADA O JOGO INTEIRO PELA ADBERSÁRIA.....O GOLEIRO NUM DIA DELE,,,PEGANDO TUDO,,,ATACANTES PERDEM AS CHANCES...ENFIM....E A DERROTA,,,0X1,,,MAS.....
SE A GENTE SENTIR QUE NOSSO TIME JOGOU BEM,,CRIOU UM MONTE, FOI SUPERIOR,,FOI INJUSTA A DERROTA,,,SAÍMOS SATISFEITOS!
JA COMO O PALMEIRAS,,DE ANOS,,,QUE GANHA VÁRIAS PARTIDAS,,,SEM JOGAR NADAAA,,,JOGO A JOGO,,,,MESMO VENCENDO,,,NAO NOS CONVENCE,,,RARÍSSIMAS VEZES,,SÃO JUSTAS ESTAS POUCAS VITÓRIAS,,,,,
O BOM FUTEBOL,,,NOS FAZ BEM,,,,MESMO QUE O TÍTULO NÃO VENHA,,,
PRECISAMOS,,,,DE BOM FUTEBOL E ISSO SÓ É POSSÍVEL COM BONS JOGADORES,,,E UNZINHO CRAQUE* Q DIFÍCIL, HEIN) ,, PARA NOS MOTIVAR...
E MEU PALPITE É:
ESPANHA 2X1 NO BRASIL DO BUFÃO,,,,,TEIMOSO,,,,ABSSS!

Stefson Guinzani disse...

A Espanha não é aquele time que enrola, que é chato?
Renato MALAuricio Prado foi o primeiro que ouvi comentando isso.
Depois realmente outras pessoas da televisão, e boa parte de torcedores em redes sociais pensavam assim.
Eu não torço, e nem gosto da Espanha... mais chegar ao ponto, afirmando que a Espanha não joga bonito, é chata, etc... é viver na mentira.

Mais se o Brasil continuar a jogar esse futebol da final... vai ser difícil parar.
Mais pé no chão, lembrando a seleção de 2006 que de longe era a mais forte, valiosa, talentosa, e blá blá blá de todas as copas.