sexta-feira, fevereiro 10, 2012



Alguém ainda duvida?


Como lembrou hoje cedo na redação o amigo Tiago Leifert, foram necessários apenas 54 segundos para que Neymar transformasse um jogo fadado a a ser depositado num canto da memória em um fato digno de registro. Foi nesse espaço de tempo que o garoto, que vinha jogando mal, é verdade, fez um gol de cabeça, roubou uma bola, entortou dois marcadores dentro da área, sofreu o pênalti e o converteu, virando o jogo para o Santos contra o Botafogo de Ribeirão Preto.

Num total de não mais de 15 minutos ele ainda fez mais um gol, num toque à la Messi, e construiu uma linda jogada para Felipe Anderson marcar.

Não consigo entender a implicância de uma parcela de torcedores e analistas com Neymar. Só o vejo evoluir, mês a mês. Deu agora para fazer gols de cabeça como se fosse centroavante, bem colocado na área. Cai cada vez menos e tem uma característica fundamental: não se esconde, não encosta o corpo, não desiste nunca.

Neymar deve chegar na Copa de 2014 mais forte, mais experiente e melhor técnica e taticamente. Terá 23 anos e poderá, aí, sim, embarcar na aventura europeia, na hora certa.

O que importa é que, felizmente, existe um jogador atuando no Brasil capaz de transformar um modorrento jogo de estadual em assunto.

Neymar saiu justamente aplaudido de campo, até por torcedores do Botafogo.

Se alguém ainda duvida, é bom deixar de ser ranheta e perseguidor. O garoto é craque.

3 comentários:

Willians_ahead disse...

Ué, mas depois de Yokohama já virou "monstro" de novo?

Ai, ai...

Anônimo disse...

Ótimo comentário Nori. Aliás vc e o Milton é a melhor dupla disparada da narração de jogos no Brasil. Parabéns!

Nori disse...

Williams, então segundo a sua lógica, levando em consideração a Copa América o Messi não joga nada? Abra sua mente. Ai, ai, digo eu. Abs