sexta-feira, agosto 18, 2006

OS NOVOS REIS DA AMÉRICA


A justa e merecida conquista do Internacional, o novo campeão da América, tem uma série de significados. Todos eles superam o simples festejar ou lamentar de uma torcida ou outra. Para o futebol brasileiro, ter mais um clube na lista de campeões do continente representa muito. Em se tratando de quem se trata, um gigante que parecia adormecido, que volta ao protagonismo 26 anos depois da trinca gloriosa de 75/76/79.
Quanto maiores forem Inter, São Paulo, Grêmio, Palmeiras, Vasco, Flamengo etc., maior será o futebol brasileiro.
Tive o privilégio de assistir de perto as duas finais entre colorados e tricolores. Um banho de bola, de dedicação. Momentos do melhor futebol que se precisa jogar hoje em dia, não do futebol de sonhos e devaneios, de frases feitas, o futebol de colunas nostálgicas e perdidas no tempo.
E algumas surpresas aconteceram. O imenso respeito que existe entre os dois grandes times do momento no País. A torcida do Inter aplaudindo o São Paulo no pódio em Porto Alegre. A ausência do comentários maldosos sobre a arbitragem e o reconhecimento da superioridade do adversário. A organização dos dois times, que têm os melhores dirigentes da atualidade.
E compreende-se o êxtase dos colorados e, ainda, o orgulho dos tricolores paulistas. Não há nada como ganhar a Libertadores da América. A começar pelo nome, o mais bonito entre todos os campeonatos do mundo. Depois vem a mística, a história, a lembrança de grandes batalhas.
O próximo desafio é superar a Argentina em número de conquistas. São 20 títulos argentinos contra 13 do Brasil.

4 comentários:

jota júnior disse...

velho norí, brilhante como sempre!!!! abração...

Mariana Fraga disse...

Disse tudo, Noriega.
Muit bom. Parabéns!

Edu Cesar disse...

Távamos precisando duma decisão inesquecível como essa, Nori, pra não apagar, mas suavizar a sensação ruim que ficou a respeito do nosso futebol com a Copa do Mundo. Acho que Inter e São Paulo, neste aspecto, pagaram tudo com juros, correção monetária e todos os dividendos extras, porque foram duas partidas fantásticas mesmo. Abraço!

Marcelo Chichanoski disse...

Nori, parabéns pelos comentários, acredito que descrevem muito bem o que senti a respeito dessas duas belas partidas!!!
Que mais clubes sigam os passos do Inter e do São Paulo !!!
Abraços colorados!!! (envelheci uns três anos assistindo a segunda partida!!!!)
Parabéns novamente!