terça-feira, outubro 29, 2013

Seleção não é Exército e Copa do Mundo não é guerra

Seleção não é Exército e Copa do Mundo não é guerra.

Diego Costa não será menos brasileiro por ter decidido atuar como atleta profissional por outro país.

Nenhum atleta é mais cidadão ou mais patriota por ter representado seu país. Foi o caminho que ele escolheu na vida e muitos ganham fortunas nesse caminho.

Existem atletas fantásticos que não são tão fantásticos como cidadãos. E existem cidadãos fantásticos anônimos.

Deco jogou futebol pela seleção portuguesa e como cidadão brasileiro tem um projeto social exemplar em Indaiatuba, o que o faz mais patriota do que se tivesse jogado uma Copa pelo Brasil.

É o que penso.

3 comentários:

MaRKiN disse...

Penso da mesma forma, Nori.

Grande abraço.

Marcos disse...

Penso da mesma forma, Nori.

Grande abraço!

Anônimo disse...

Por isso que o Brasil esta desse jeito. Cade o patriotismo?