quarta-feira, junho 03, 2015

Causos do Nori - A bomba do Cipri


Tive a ideia de escrever alguns pequenos contos. Que por definição contam histórias do cotidiano, curiosas, engraçadas.

O primeiro será uma lembrança dos tempos de Escola Nossa Senhora da Consolação, em São Paulo.


A bola era objeto de culto para a molecada na Escola Nossa Senhora da Consolação. Antes - e se bobear durante - e depois das aulas, tudo era motivo para um bate-bola improvisado. Na ausência de bola, garrafinha de Yakult e tampa de lancheira iam para a pequena quadra com gols de cano de ferro.

Naquele dia havia uma novidade agitando a escola. Cipriano tinha chegado de Belém do Pará para se tratar com um médico famoso, Haruo Nishimura, que cuidava do então presidente João Figueiredo, e tinha consultório pertinho da escola.

Cipri, como foi rapidamente apelidado pela molecada, era a cara do Nélson Piquet. Ele tinha uma perna menor do que a outra e vinha ao ortopedista para buscar alternativas.

Na hora do recreio a pelada era a lei. Formavam-se três, quatro times. Na hora de escolher, Cipri se apresentou para jogar. Todo mundo se achava malandro e na maldosa ingenuidade da pré-adolescência a sentença era cruel: ninguém queria um manco no time.

Cipri bateu o pé (sem trocadilhos) e foi escolhido.

Quando entrou em quadra precisou de alguns minutos para virar ídolo. O danado era rápido, driblador e soltou uma bomba justamente com a perna mais curta que varou o goleiro adversário e foi explodir na parede atrás do gol.

Delírio na quadra. Juntava gente para ver o Cipri que, mancando, jogava mais do que a maioria dos que se julgavam craques.

Cipri ficou pouco tempo na escola, mas sua passagem pela nossa quadra foi marcante.

Fica a lição.

Quando for escolher seu time na pelada, não tenha preconceito com os mancos.

3 comentários:

Anônimo disse...

E Cipriano jogaria fácil nos dias de hoje...acho que até nós kkkkk. Abração e Avanti Palestra!

Fernando Tomei

Anônimo disse...

Mauricio tudo bem?

Boa noite, primeiramente parabéns pelos seus coment[arios, sou admirador do seu trabalho e acho que você um dos melhores da televisão esportiva.

Comecei a ver a transmissão da cobertura de Palmeiras e internacional e gostaria de fazer uma observação nada haver com o jogo.Apenas quero dar uma sugestão a voce: Uso óculos como voce e seus óculos estão refletindo a imagem de uma televisão e/ou câmara que esta a sua frente .
Acho que seria legal ter um óculos com lente anti- reflexo.

Obs: nao sou vendedor de óculos estou apenas sugerindo.

Acho que porque uso óculos ja observei em varios profissionais da televisão, inclusive do SportTV



Um abraco e parabens!! Vc e um craque no que faz!!

Cleber -


Mauricio Noriega disse...

Cléber, as lentes são anti-reflexo.rsrsrs Mas o ângulo não ajuda muito, em se tratando de luz fria. Obrigado pelo toque!