sexta-feira, novembro 23, 2012



Foi-se o Mano


Mano caiu. Talvez na hora errada pelo desempenho da seleção, que vinha melhorando. Mas jamais chegou a ser convincente como treinador do Brasil. Até porque quando assumiu não era a hora dele assumir. Pegou um atalho, arriscou, mas a precipitação ficou eviddnte. Mas que ninguém se engane. Com qualquer técnico, o problema da seleção é que já faz algum tempo que não somos os melhores e não temos mais os melhores jogadores do mundo. É preciso entender e saber conviver com isso como treinador. Quem assumir precisa ter isso em mente.

Um comentário:

Maria Almeida disse...

Concordo com você quando disse que Brasil não tem mais os melhores jogadores.Acho que é preciso formar uma equipe com os poucos que se destacam e treinar o conjunto. Ter estrelas mas não ter equipe não se consegue nada, visto no Brasileirão, onde times que apresentam bom conjunto, tem 1 ou duas estrelas, como o Fluminense.