quarta-feira, dezembro 21, 2005


O MOZART DO POP/ROCK


8 de dezembro de 2005 marcou os 20 anos da trágica morte de John Lennon, levando com ele para a eternidade o sonhos dos Beatles. John foi um genial compositor, uma alma inquieta e um mito do cenário pop/rock.
Mas lembrando Lennon me veio à mente o gênio de Paul McCartney. A saudade de Lennon faz muita gente minimizar a qualidade da obra do velho Macca. Não leio música, não estudei, mas sou fã, não vivo sem. E tenho a impressão que McCartney é capaz de transformar em melodia uma receita de médico. Ou um atestado de óbito.
Esse cara tem o dom raro de fazer música pop de grande qualidade, de criar melodias inesquecíveis, daquelas que ficam e não apenas grudam em nossos ouvidos.
Hoje vinha dirigindo e ouvindo No More Lonely Nights. Quem fizer o mesmo vai perceber que Macca é o Mozart da música pop.

2 comentários:

_rb disse...

Concordo com cada palavra. E prefero o Paul. Lennon sempre me pareceu meio chatão.

Anônimo disse...

Eu quis dizer "prefiro", é claro.